WALDIR COSTA – Ronilton Capixaba pode voltar a ser vereador em Ouro Preto

0
14

Capixaba – Comenta-se nos bastidores da política em Ouro Preto do Oeste, que o ex-deputado estadual Ronilton Capixaba poderá voltar à política a partir do próximo ano. Parlamentar polêmico, mas muito objetivo e direto em seus atos, Capixaba, segundo dizem pessoas ligadas a ele deverá concorrer a vereador nas eleições de outubro do próximo ano. O próximo passo seria a volta à Assembleia Legislativa (Ale). Ouro Preto já teve três deputados estaduais numa mesma legislatura, mas hoje não tem nenhum representante na Casa do Povo.

Prestigiado – Mais de 100 pessoas, entre autoridades e figuras ligadas ao agronegócio lotaram ontem (18) a noite o Salão Verde do Sebrae, prestigiando o lançamento do livro “Centro-Oeste e Rondônia depois de Getúlio e Juscelino”, do jornalista, José Luiz Alves, que também foi disponibilizado em rede nacional pela Editora Potexto de Curitiba (PR). O desembargador Walter Waltemberg, presidente do Tribunal de Justiça rasgou elogios afirmando que “esta obra vem resgatar a memória dos pioneiros que acreditaram no progresso e desenvolvimento de Rondônia”.

Credibilidade – Seguindo a mesma linha de raciocínio, o ex-governador Daniel Pereira, o secretário de Estado da Agricultura, Evandro Padovani, o presidente da Associação dos Produtores Rurais de Rondônia, Adélio Barofaldi destacaram que a credibilidade e o conhecimento do jornalista, José Luiz Alves, sobre o agronegócio em Rondônia, mostra que a pesquisa realizada por ele para produzir “Centro-Oeste e Rondônia depois de Getúlio e Juscelino” passa a servir como um documento histórico, retratando o passado, o presente e o futuro, respeitando o trabalho dos migrantes.

Previdência – Rondônia poderia seguir o exemplo do Paraná e promover uma ampla reforma previdenciária. Há informações que o Instituto de Previdência do Estado de Rondônia-Iperon enfrenta dificuldades e há, inclusive, possibilidade de estrangulamento nos futuros processos de aposentadoria. No Paraná uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) com pedido de urgência está sendo analisada pela CCJ na Assembleia Legislativa. A meta do governo estadual (Ratinho Júnior-PSD) é aprovar a reforma até o próximo dia 17, quando terá início o recesso legislativo.

Disputa – Com o presidente Bolsonaro fora do PSL os seus aliados também se preparam para filiações no novo partido, o Aliança pelo Brasil. Em Rondônia Bolsonaro tem dois aliados de primeira linhagem, que são o governador Marcos Rocha e o deputado federal coronel João Chrisóstomo, ambos eleitos pelo PSL, mas que não se bicam, pois estão “partidos” politicamente. Marcos Rocha já adiantou que deixará o PSL, para seguir com Bolsonaro, mas o deputado Chrisóstomo, ainda, não se manifestou. Há quem aposte, que ambos não ficam no PSL, mas somente um deles estará ao lado de Bolsonaro. Quem viver verá…


Respingo

O assunto é delicado e envolve ex-governador, deputados e outras pessoas não menos importantes. A Operação Pau Oco, realizada pela Polícia Civil, que tanto disseque-me-disque está provocando envolvendo autoridades, segundo uma pessoa ligada à área policial, ainda vai dar muito “pano pra manga” +++ Segundo ele, os áudios que vieram a público são insignificantes perante a realidade. “Há mais de 150 gravações que não foram expostas, mas com conteúdo bombástico, comprometedor ao extremo”, disse +++ A cobrança das autoridades na coluna de ontem (18) sobre o elevado número de pedintes nas ruas e avenidas e Porto Velho provocou inúmeras manifestações nos mais diversos segmentos. A maioria concordando que é necessário buscar uma solução, mas também reconhecendo que os venezuelanos principalmente os “marmanjos” poderiam trabalhar, como fazem os haitianos.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.