WALDIR COSTA – Futuro governo tem dificuldades para escolha da equipe; Porto Velho investe na produção de café

0
17
o
O DEPUTADO CLEITON ROQUE (PSB - Pimenta) SERÁ O RELATOR PARA O ORÇAMENTO DO ESTADO

Orçamento – O assunto predominante nas Comissões Permanentes e nas discussões de bastidores na Assembleia Legislativa (Ale) está semana será o orçamento para o Estado para o próximo ano. O relator é o deputado Cleiton Roque (PSB-Pimenta) e a estimativa é superior a R$ 8 bilhões. As emendas ao orçamento predominam nas discussões e a previsão é votar o Orçamento 2018 na primeira quinzena de dezembro próximo, quando terá início o recesso parlamentar. Caso não seja votado dentro do prazo o novo governo terá que iniciar o ano com base em um doze (1/12) avos do orçamento deste ano, até que o de 2019 seja votado no próximo ano.

Barragem – Relatório de 2017 da Agência Nacional de Águas (ANA) apresentando dados de 2016 denuncia que, pelo menos 45 barragens em vários estados brasileiros estão com problemas de infraestrutura. A maioria nos estados estão no Nordeste, como na Bahia e Alagoas, mas também temos barragens sem a devida segurança no Mato Grosso (3), e no Tocantins (4), por exemplo. Rondônia tem inúmeras barragens, mas felizmente não consta no grupo de risco da ANA.

Café – O município de Porto Velho é o maior produtor de gado de corte do Estado com mais de 800 mil cabeças. A produção de café também está sendo incentivada pela prefeitura da capital com a distribuição, a partir da segunda quinzena do próximo mês de dezembro, de 700 mil mudas de café clonal a produtores rurais dentro do programa Pro-Café, que em 2017 distribuiu 600 mil mudas. Como Porto Velho é um município grande, maior que alguns Estados, caso o incentivo ao café continue pela equipe do prefeito Hildon Chaves (PSDB), em breve estará na liderança da produção. Nunca é demais lembrar, que onde há café plantado, pode haver pobreza, mas miséria, jamais.

OAB – Duas chapas disputam as eleições para Ordem dos Advogados do Brasil-OAB, Seccional de Rondônia hoje (19) para o triênio 2019/21. O voto é obrigatório para os advogados adimplentes; a votação inicia às 9h com encerramento às 17h, com postos de votação na capital e no interior do Estado. Disputam a presidência duas chapas encabeçadas sendo uma encabeçada por Maracélia Oliveira (OAB pra Você) e a de Elton Assis (Advocacia em Primeiro Lugar). É vedado o voto em trânsito.

Secretariado – Preocupa a demora de o governador-eleito de Rondônia, coronel Marcos Rocha (PSL) em divulgar os nomes dos secretários e assessores diretos da sua futura equipe de governo. O presidente-eleito, Jair Bolsonaro (PSL) está com os principais nomes da sua equipe divulgados e provavelmente, até o final deste mês já terá levado a público praticamente os nomes do seu Ministério. As pessoas escolhidas devem enfrentar o ônus do cargo, porque junto com os elogios virão as críticas, muito comum num processo democrático. Mas a demora em compor a equipe leva o cidadão a questionar sobre a competência, para montar uma equipe de governo, que certamente terá falhas, defeitos, mas também qualidade, o que é normal.

Respingo

Amanhã (20) o deputado estadual José Lebrão (MDB-São Francisco) estará participando do programa Conexão Rondônia, do site Rondoniaovivo, a partir das 10h30. O programa tem o comando do jornalista Ivanilson Tolentino com transmissão online +++ Lebrão foi reeleito com o maior número de votos (20.357) nas eleições de outubro último. O parlamentar é candidato a presidência da Casa de Leis na posse dos eleitos para a próxima legislatura no dia 1º de fevereiro do próximo ano, quando será eleita a nova Mesa Diretora +++ O jornalista Lenilson Guedes recebe na tarde de hoje (19), em solenidade na Assembleia Legislativa (Ale) a partir das 15h o título de Cidadão Honorário de Rondônia. A honraria, das mais merecidas, foi proposta pelo deputado Jesuíno Boabaid (PMN-PVH) e aprovada pelos demais colegas +++ Hoje manifestantes (sic) de Candeias do Jamari estiveram na sede do Ministério Público (MP) estadual na capital pedindo “socorro” e o afastamento do prefeito Luis Ikenohichi (DEM), que vem “brigando” há tempo com vereadores. Na manifestação (sic) tinha menos de dez pessoas, o que certamente não representa a maioria do povo de Candeias.

Ainda não há comentários, seja o primeiro.