WALDIR COSTA – Maurão, Acir e Expedito botam o pé na estrada; Ji-Paraná poderá ampliar espaço na ALE

0
54

Governo – A tendência do eleitorado de Porto Velho terá influência decisiva nas eleições a governador deste ano. Rondônia tem nove candidatos a governador e três deles já deram a largada na busca do voto: Acir Gurgacz da coligação Juntos por um novo tempo para Rondônia (PDT/PSB/PTB/PSDC/PP/PR/ SO/PTC); Maurão de Carvalho, Rondônia, unidos somos fortes (MDB/Podemos/PMN/PSC/PC do B/PHS/Pros/PV) e Expedito Júnior, Rondônia, esperança de um novo tempo (PSDB/DEM/PSD/PRB/Patriotas).

Campanha – Maurão, Acir e Expedito já abriram comitês na capital e no interior e estão percorrendo o Estado mantendo contato com lideranças políticas e empresariais apresentando seus planos de governo. Como estamos a menos de 50 dias das eleições a falta de maior mobilização dos políticos e a baixa participação do eleitor, que não se integrou a campanha sinaliza que teremos abstenção em alta escala. O Horário Eleitoral Gratuito terá início no próximo dia 31. Quem não decolar em 15 dias pode tirar o cavalo da chuva…

Deputado – Ji-Paraná tem hoje dois deputados estaduais com domicílio eleitoral no município, Airton Gurgacz (PDT) e Laerte Gomes (PSDB). Ambos candidatos à reeleição e com amplas chances de sucesso. Há vários nomes em condições de se eleger, pois o município é o segundo colégio eleitoral do Estado (103 mil eleitores em fevereiro) e tem condições de eleger pelo menos mais dois deputados. Ari Saraiva (PSB), Edvaldo Soares (PTC), que já foi deputado estadual e o vereador Edvaldo Gomes (PSB) estão na lista. Hoje Ariquemes tem a maior representatividade na Ale, com quatro parlamentares.

Vilhena – A disputa pelo Senado no Cone Sul, região polarizada por Vilhena deverá ter o empresário Jaime Bagattoli, do PSL à frente. Ele é da região e tem condições de somar considerável número de votos. Se não é um militante direto, ativo da política se destaca como empresário de sucesso, estreante na política e não tem rejeição, fator importante na vida pública. Além de Bagattoli, o senador Valdir Raupp e o ex-governador Confúcio Moura, ambos do PMDB, também deverão ser bem votados na região.

Senador – Rondônia tem nove candidatos ao Senado, mas Ji-Paraná e região tem três deles. Dois com domicílio eleitoral em Ji-Paraná, o ex-prefeito Jesualdo Pires (PSB) e o deputado federal Marcos Rogério (DEM). Carlos Magno (PP) é de Ouro Preto do Oeste, mas nos últimos anos foi secretário de Jesualdo Pires realizando um trabalho de relevância. A divisão dos votos na região do segundo colégio eleitoral do Estado, na disputa das duas vagas do Senado irá favorecer Valdir Raupp (de Rolim de Moura) e Confúcio Moura (de Ariquemes). Certeza somente na noite de 7 de outubro.


Respingo

Nos bastidores da política o assunto mais comentado é a frieza do início da campanha eleitoral, liberada desde o último dia 15, mas que não ganhou fôlego no Estado. Nem mesmo o tremor de terra na noite de ontem (21) na Venezuela, que atingiu algumas cidades de Rondônia, inclusive Porto Velho “esquentou” a campanha +++ O Ibope divulga hoje (22) pesquisa sobre as eleições em Rondônia. A emissora afiliada a Rede Globo geralmente publica as pesquisas no “Jornal de Rondônia”, segunda edição a partir das 18h +++ Incentivar a industrialização foi um dos temas do senador Valdir Raupp (MDB-RO) em encontro com empresários de Porto Velho, na noite da última terça-feira (21) no auditório do Hotel Flamboyant. Raupp, que é candidato à reeleição defende o Polo Industrial em Porto Velho, para fomentar a industrialização da produção de grãos, carne, peixe e madeira e ampliar a oferta de empregos.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here