WALDIR COSTA — Governador garante regularização fundiária para duplicar agronegócio

0
27

Regularização – Apostando na regularização fundiária para duplicar o agronegócio em Rondônia, o governador Marcos Rocha (PSL) frisou ao participar do programa “Campo e Lavoura” na Rede TV! apresentado pelo jornalista, José Luiz Alves, em transmissão simultânea com seis emissoras de rádios, “que tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para dar celeridade ao processo de titulação de áreas produtivas beneficiando centenas de pequenos e médios produtores rurais”. De acordo com os números oficiais, são mais de 71 mil famílias que residem e produzem no campo, sem os devidos títulos de suas áreas.

Privilegiada – Para Marcos Rocha, Rondônia se encontra numa posição privilegiada, com o agronegócio em franco desenvolvimento, uma agricultura familiar consolidada, onde as agroindústrias desempenham um papel fundamental na geração de emprego e renda, nas áreas rurais e urbanas. Assegurou também que o governo federal apoia a transição de antigos servidores para o quadro da União.

Ponte – o governador assegurou que ele e o governador do Acre, Gladson Cameli (PP), conseguiram junto ao governo federal a liberação dos recursos para conclusão da ponte sobre o rio Madeira, no Distrito de Abunã, na BR 364. A região norte de Rondônia e o sul do Acre, a curto e médio prazo tornaram-se uma verdadeira fronteira agrícola e não podem ficar dependendo da travessia por balsas, como é feita hoje.

Estradas – O coordenador de Operação e Fiscalização do DER informou que a recuperação das estradas vicinais (não pavimentadas) e as ROs (pavimentadas) já está sendo aplicada no Estado pelas 14 regionais do órgão na capital e no interior. As vicinais estão sendo recuperadas e readequadas e as ROs com o tradicional e nem sempre funcional, tapa-buracos. Segundo dados do DER, o Estado tem a sob seu comando 4 mil quilômetros de estradas vicinais. Fazendo um comparativo com Porto Velho a diferença é grande. A capital de Rondônia tem mais de 7 mil quilômetros de estradas vicinais. É uma viagem de ida e volta ao Norte do Paraná, por exemplo.

Candeias – A pressão de adversários contra a candidatura do ex-deputado estadual Ribamar Araújo (PR) a prefeito de Candeias do Jamari, no dia 7 de julho próximo acabou. O juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Álvaro Kalix Ferro despachou em documento que o prazo para domicílio eleitoral é de seis meses, a exemplo da filiação partidária e acabou com as especulações. O TRE deverá homologar a candidatura de Ribamar, que foi definida em convenção partidária na última semana, nos próximos dias, pois a campanha eleitoral está liberada a partir da próxima sexta-feira (7).


  Respigo

O Sebrae-RO presidido no Estado pelo ex-governador Daniel Pereira reuniu a imprensa na manhã de hoje (3) para um café da manhã a partir das 9h na sede da entidade em Porto Velho. Daniel homenageou os profissionais pelo Dia da Imprensa, comemorado no sábado (1º) +++ A câmara de vereadores de Rolim de Moura tem contrato com a empresa de publicidade OMS, que coordena a distribuição de verbas para os órgãos de comunicação. Estamos entrando no sexto mês do ano e os veículos de comunicação da cidade e região estão sem nada receber +++ Mesmo assim o trabalho dos vereadores está sendo divulgado pelo órgãos de imprensa. O presidente da Casa de Leis, Lauro Lopes (PRB) deve tomar as devidas providências e cobrar da empresa a distribuição dos recursos publicitários, que é legal e que consta do orçamento da câmara +++ A Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa (Ale) inicia a partir de hoje (3) quatro dos doze cursos, que estão sendo ministrados neste mês de junho. Todos os meses a escola mantida pela Ale, presidida pelo deputado Laerte Gomes (PSDB/Ji-Paraná) qualifica centenas de servidores da Casa do Povo, câmaras de vereadores, prefeituras e outros órgãos públicos, além da população em geral.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here