WALDIR COSTA – Equipe do governador eleito Marcos Rocha ainda está no cofre

0
56

Equilíbrio – Na última semana o prefeito de Vale do Paraíso, Charles Pinheiro (PSDB) esteve na Assembleia Legislativa percorrendo os gabinetes. Conhecedor da Casa do Povo, onde ele deixou o cargo de chefe de gabinete do deputado Laerte Gomes (PSDB/Ji-Paraná) em 2016, para disputar a prefeitura, Charles disse que está com as contas em dia, fornecedores e salários em ordem, inclusive o 13º. Em momento, que a maioria das prefeituras, inclusive de estados de economia mais forte, como o Paraná, onde 1/3 têm dificuldades até para pagar salários de dezembro, Alto Paraíso está realmente um “paraíso”.

Secretariado – Até o fechamento da coluna de hoje (17), por volta das 15h o governador-eleito coronel Marcos Rocha (PSL), ainda, não havia anunciado os nomes da sua futura equipe de governo. Apesar de hoje ser um dia sugestivo, 17, o do seu partido e do presidente-eleito Jair Bolsonaro o grupo de pessoas que irá governar o Estado a partir do dia 1º de janeiro continua sendo um segredo para o povo.

Secretariado II – A informação é que os nomes serão divulgados até a próxima quarta-feira (19), mas nada que seja oficial. Na última semana divulgamos os nomes de duas pessoas que certamente estarão na lista de Marcos Rocha: o vice, José Jodan (PSL) para a Seagri (Agricultura) e Evandro Padovani, para a Emater. Mas vamos arriscar o nome de mais uma pessoa que deverá compor a equipe de governo do coronel Marcos Rocha: Maria Conceição Alves, para a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), área que ela conhece muito bem. Conceição faz parte da equipe de transição do governo.

Secretariado III – O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB) como já adiantamos na última semana fará mudanças na sua equipe que já foi “revirada” nos dois primeiros anos de governo. Além do vereador Maurício Carvalho (PSDB) na Sesau (Saúde) dois deputados federais que não se reelegeram deverão compor a equipe de Hildon a partir de fevereiro: Luiz Cláudio, do PP e Lindomar Garçon do PRB. Luiz Cláudio já foi secretário de Estado da Agricultura, com ótimo trabalho no governo Ivo Cassol e será importante para o município. Já Garçon é uma enorme interrogação, um salto no escuro. Porto Velho não precisa de “papagaio de pirata”. É o fim da rosca…

Orçamento – A Assembleia Legislativa (Ale) reunirá os deputados na terça-feira (18) em sessão extraordinária, porque o período letivo já terminou no dia 15, para analisar dentre outras prioridades o Orçamento de Rondônia de 2019 estimado em pouco mais de R$ 8 bilhões. Além do orçamento para o próximo ano os deputados também tem em pauta mais nove itens, que serão analisados na sessão extraordinária que deverá encerrar os trabalhos plenários dos parlamentares este ano. Nas eleições de outubro último a Ale foi renovada em 50%.


Respingo

Políticos, empresários e a sociedade organizada promovem hoje (17) audiência pública a partir das 15h na Assembleia Legislativa (Ale) para tratar do aumento do kilowatts da energia elétrica em mais de 25% desde o último dia 13. O povo não aceita o ato abusivo da Associação Nacional de Energia Elétrica (Aneel), por isso a audiência que deve mobilizar a população +++ O ex-prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB), que deixou a prefeitura para concorrer ao Senado e, apesar de bem votado não se elegeu, está desaparecido da mídia. Após as eleições de outubro último, onde ficou na quarta-colocação com 195.641, quando estavam na disputa duas das três vagas Jesualdo tomou um chá de sumiço, mas se consolidou como uma das lideranças políticas do Estado +++ Pelo menos oito pessoas morreram vítimas de arma de fogo ou faca no último final de semana. Impressiona como se mata na capital e no interior por banalidades +++ A segurança pública tem que ser mais dura com a marginalidade e a violência, que estão numa crescente. Lugar de ladrão, estuprador, assassino é na cadeia e não nas ruas aterrorizando a população.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here