WALDIR COSTA – Deputados da CPI da Energisa pedem reforço na segurança,

0
27

Futebol – A coluna não tem como hábito destacar o futebol, mas o feito do Flamengo, na noite desta quarta-feira (23) no Maracanã, quando deu um “passeio” no Grêmio no segundo jogo decisivo para disputar a final da Libertadores, que já tinha o River Plate, da Argentina, classificado um dia antes merece destaque. O Flamengo trouxe de volta o verdadeiro futebol brasileiro, graças a um português, o seu técnico … Jorge Jesus. Busca permanente pelo gol, grupo de jogadores de razoáveis para bom, alguns ótimos o time carioca está realmente jogando o fino da bola. Parabéns a imensa torcida do rubro-negro e a torcida para que traga mais uma Taça Libertadores da América para o Brasil.

Cidadania – O jovem advogado Vinícius Miguel, do Cidadania se organiza visando as eleições de outubro do próximo ano, que elegerão os novos prefeitos, vices e vereadores. Vinícius Miguel foi a revelação nas eleições gerais de 2018, quando enfrentou as urnas pela primeira vez e candidatou-se a governador conseguindo votação expressiva somando mais de 110 mil votos, sendo 69.820 em Porto Velho. Vinícius Miguel é o vice-presidente do Cidadania em Porto Velho e presidente o também advogado, Raimundo Nonato Martins de Castro. Vinícius Miguel é um forte candidato à sucessão do prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), que se prepara para concorrer à reeleição.

Prefeito – Há mais de uma dezena de nomes em condições de disputar a Prefeitura de Porto Velho nas eleições de outubro do próximo ano. Pelo menos 50% em condições de chegar ao segundo turno, pois é dessa forma que são decididas as eleições na capital, que tem colégio eleitoral acima de 330 mil eleitores. Inclusive o atual prefeito, Hildon Chaves (PSDB), que foi o segundo colocado no primeiro turno e no segundo superou com relativa facilidade o atual deputado federal Léo Moraes, na época deputado estadual. Hildon e Léo são dois dos nomes favoritos para 2020

Prefeito II – Há quem duvide que o ex-deputado (federal e estadual) e atual secretário da Agricultura de Porto Velho, Luiz Cláudio, que preside o PR no Estado estará na disputa da prefeitura da capital no próximo ano, mas não se pode ter certeza absoluta. A meta de Luiz Cláudio é retornar ao parlamento estadual, por isso está no comando da agricultura de Porto Velho, setor que ele conhece muito bem, pois já ocupou o mesmo cargo no governo (Ivo Cassol) do Estado com elevado índice de aprovação. Lógico que, no caso de Hildon realmente for candidato à reeleição, dificilmente Luiz Cláudio entre na disputa, mas seria a opção do atual prefeito, caso ele resolva não concorrer. Quem viver verá…

CPI – Os deputados que compõe a CPI da Energisa, que investiga denúncias de milhares de consumidores de práticas abusivas da empresa na cobrança da conta de luz, cortes indevidos, contadores adulterados e outras acusações esteve reunida nesta quinta-feira (24). O presidente da CPI, Alex Redano (PRP-Ariquemes) e o relator, Jair Montes (Avante-PVH) alertaram que estão sendo vítimas de ameaças, inclusive de morte. Ambos pediram reforço na segurança parlamentar. O fato é grave e merece atenção maior das autoridades. Jair Montes disse que as investigações continuarão e que “a defesa da nossa população é prioridade neste momento do meu mandato”.


Respingo

Falei sobre futebol, acima, mas deixei de abordar um tema importante: o treinador do Grêmio, Renato Gaúcho. Sua prepotência e arrogância caíram por terra no jogo contra o Flamengo +++ Humildade, menos reclamação e mais ação são fundamentais para quem pretende comandar a seleção brasileira, que nos dias de hoje não quer dizer muita coisa. É preciso destacar que foi Roger Machado, hoje no Bahia, quem impôs padrão de jogo e objetividade para o time do Grêmio. Renato deu continuidade ao trabalho do ex-treinador e acelerou um pouco o ritmo de jogo +++ Na próxima segunda-feira é ponto facultativo nas repartições públicas, Dia do Servido Público. O final desta semana será prolongado, pois terá início amanhã (sexta-feira) e só terminará na segunda-feira (28) para o segmento +++ A ação ostensiva dos agentes de trânsito de Porto Velho com presença desde as primeiras horas da manhã em pontos estratégicos da capital foi passageira. Esta semana já se pode notar que a fiscalização deixou de existir, facilitando as “traquinagens” de motoqueiros, principalmente e de motoristas irresponsáveis que avançam sinais, não respeitam faixas e nem sinalização.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here