Expovel – A Exposição Agropecuária e Industrial de Porto Velho-Expovel era uma atração a mais da capital. Inexplicavelmente a mostra desapareceu do calendário de eventos e as festas do gênero só ocorrem no interior. Ariquemes e Ji-Paraná sempre lideraram junto com Porto Velho as festas de peões. Na última semana ocorreu encontro de representantes das associações em Ouro Preto do Oeste, para tratar do fortalecimento das feiras, inclusive com participação de representantes da Secretaria da Agricultura (Seagri), de outras entidades e superintendências do Estado. O presidente da Associação dos Pecuaristas de Ariquemes-APA, Antônio Henrique Duran alertou para a importância econômica, social e cultural aos municípios e Estado. As exposições devem voltar a ter a forças de passado recente.

Trânsito – Trafegar pela área central de Porto Velho nos horários de pico não é tarefa das mais fáceis para motoristas e motociclistas. Em grande parte devido aos abusos dos motoqueiros e não motociclistas, que circulam em velocidade excessiva e motoristas irresponsáveis que não respeitam semáforos e nem o pouco que há de sinalização de solo e aérea. Além do trânsito congestionado e perigoso os motoristas têm dificuldades para estacionar, pois não há espaço regulamentado como ocorre em todas as capitais brasileiras menos em Porto Velho.

Estacionamento – Como não há regulamentação de estacionamento encontrar uma vaga no anel central exige paciência e sorte. Os “cabeças de tapioca” como são chamados os Agentes de Trânsito, que só multam, não orientam, não organizam e nem fiscalizam poderiam ser mais bem aproveitados. Porto Velho clama por um trânsito melhor, que mate e mutile menos. O condutor deve ser orientado, fiscalizado e, caso cometa irregularidades, punido, inclusive com a apreensão da CNH e do veículo. A Lei tem que ser aplicada, mas de forma correta, priorizando a orientação e a organização com sinalização eficiente e estacionamento regulamentado.


Diálogo – Na última semana o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB) esteve reunido com representantes de pelo menos 50 dirigentes de Associações de Bairro da capital. Hildon, em companhia da primeira dama Ieda Chaves, que faz um silencioso, mas eficiente trabalho social no município agradeceu os convidados e solicitou que sejam elaboradas as demandas de cada bairro, que serão discutidas com secretários e diretores para buscar solução. Hildon disse que no máximo em 30 dias os membros das associações serão informados de como os problemas serão resolvidos. Parece que Hildon pegou gosto pela missão e está formatando uma aproximação maior com a comunidade para buscar de forma conjunta solução para os problemas.

Animado – O presidente da Câmara Municipal de Porto Velho, Edwilson Negreiros (PSB) está otimista com o futuro do município. Ele acredita que o prefeito Hildon Chaves desenvolverá um ritmo mais intenso de obras e realizações na sua administração nos próximos seis meses, que ao final “fará a diferença”. Há disposição em mobilizar intensamente o setor de engenharia da prefeitura composto de ótimos profissionais. Na viagem a Brasília da última semana, Edwilson disse que estão disponíveis recursos para pavimentação nos bairros e trabalhos de infraestrutura.

Respingo

Foi positiva a manifestação contrária ao aumento em torno de 32% da conta de energia elétrica em Rondônia, aplicado pela nova concessionária, a Energisa, que adquiriu a antiga Ceron. A mobilização na capital e interior foi pacífica, ordeira e não teve uma participação maciça como se esperava, mas esteve dentro da expectativa +++ Agora é esperar pelas ações da bancada federal, da mobilização dos deputados estaduais e de lideranças regionais. A reação da população deve ser analisada pela empresa Energisa, que está chegando agora e precisa investir para poder colher os frutos no futuro +++ Amanhã (19) os deputados da 10ª legislatura realização a primeira sessão ordinária, após a posse no último dia 1º. Além de um novo período legislativo, os deputados já estarão no novo e moderno prédio da Assembleia Legislativa (Ale) inaugurado pelo ex-presidente Maurão de Carvalho em janeiro deste ano +++ A Casa do Povo também tem um novo presidente, eleito na sessão de posse no primeiro dia este mês de fevereiro. Durante dois anos Laerte Gomes (PSDB-Ji-Paraná) estará no comando do Poder Legislativo estadual.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.