O encontro estadual do PT, realizado nesta quinta-feira (2), em Porto Velho, foi marcado por insultos, empurrões e muita confusão. Ao final, a Executiva Regional, comandada pelo ex-prefeito Roberto Sobrinho, o ex-deputado Padre Tom e o deputado Lazinho da Fetagro, conseguiu praticamente selar a coligação com o PDT, PP e com o PSB. Assim, a candidatura da ex-senadora Fátima Cleide, que queria voltar ao Senado, foi praticamente sepultada.

A confusão foi geral. Padre Tom acusado de querer beneficiar o senador Acir Gurgacz em detrimento do próprio partido e Roberto Sobrinho foi chamado de machista. A candidatura de Fátima Cleide foi descartada porque a frente comandada por Acir Gurgacz já tem dois candidatos ao senado federal: Carlos Magno (PP) e Jesualdo Pires (PSB). Com a adesão do PT, a campanha de Acir ganha bastante tempo na propaganda eleitoral gratuita.

Indiretamente outros candidatos também se beneficiam com a derrota de Fátima Cleide, que aparecia em várias pesquisas sempre entre os três primeiros colocados.

Veja no vídeo os momentos tensos do encontro do PT:




CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here