Trabalho INFANTIL rural também será debatido na 7ª RRShow

0
109
 A Justiça do Trabalho através do Fórum e Varas do Trabalho de Ji-Paraná, também participará do 7ª Edição da Rondônia Rural Show com campanha de conscientização de combate ao trabalho infantil rural.
 
Uma equipe composta por servidores e juízes, estará presente no evento com objetivo de esclarecer sobre as condições de vulnerabilidade dos meninos e meninas e dos agentes agressivos que atingem essas crianças no campo que são:  vida precária, com alimentação e moradia inadequadas, e situações de riscos psicológicos, sociais, físicos, químicos e biológicos.
 
Serão distribuídas cartilhas pedagógicas que questiona sobre o trabalho infantil rural com dados de Rondônia, esclarecendo os riscos que ele traz para a saúde e desenvolvimento da criança e do adolescente.
 
O TRABALHO INFANTIL rural, assim como os outros tipos de trabalho infantil, rouba das crianças sonhos e a oportunidade de um futuro melhor. São filhos e filhas de pequenos produtores rurais que, por falta de dinheiro, são empregados em locais perigosos e insalubres, ganhando salários baixíssimos para subsistência.
 
Muitos pais que são produtores rurais ensinam seus filhos desde pequenos a trabalhar na lavoura, porém, isso também configura trabalho infantil de risco, já que não há equipamento de segurança necessário e muitas vezes, não há formação metodológica e/ou proteção de acidentes de trabalho.
 
O menor de idade só pode trabalhar na lavoura na condição de aprendiz, seguindo os parâmetros do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e da Constituição: maior de 14 anos, matriculado e frequentando a escola. 
 
Baixe aqui a Cartilha pedagógica Trabalho infantil rural


CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here