Suspeito de matar trabalhador de empresa terceirizada da Energisa é preso

0
7

O suspeito de matar a tiros um trabalhador que prestava serviço à Energisa de Rondônia se apresentou a Polícia Civil neste sábado (1º). O crime aconteceu na sexta-feira (31), na rua Eurico Caruso, bairro Aponiã, em Porto Velho. –

Gerson Francisco Nunes, de 46 anos,se apresentou à Delegacia de Homicídios nesta manhã, onde prestou depoimento. A primeira versão do suspeito, segundo a Polícia Civil, é que o crime foi motivado pela extorsão que ele sofria de funcionários da Energisa.

“Ele alegou que vinha sendo extorquido por equipes da Energisa. Disse que levou uma multa da empresa e posteriormente as equipes continuaram a pressioná-lo. Até que ele não aguentou mais e resolveu matar o funcionário”, revelou a polícia.

O delegado responsável pelo caso afirmou que até o momento a arma do crime não foi apreendida; e o suspeito não possui porte de armas. Segundo a Polícia Civil, durante as investigações todas as evidências levavam ao suspeito.

Advogados tanto da Energisa quanto da defesa acompanharam o depoimento. Sobre a referida extorsão a Energisa informou em nota que “apura toda e qualquer denúncia de abusos cometidos por colaboradores próprios e terceirizados contra clientes e que não recebeu nenhum tipo de reclamação do cliente em questão”.




CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here