POSTO NO SEGUNDO DISTRITO, FOTOGRAFADO NEXTA SEXTA-FEIRA A TARDE PELO REPÓRTER RO: FRENTISTAS SEM TER O QUE FAZER

A falta de combustível atinge praticamente todo o País, em razão da greve dos caminhoneiros que chega ao sexto dia neste sábado (26). Segundo o presidente do Sindicato do Comércio de Derivados de Petróleo de São Paulo (Sincopetro), José Gouveia,  mesmo após o acordo definitivo, o desespero deve acabar em dois ou três dias, mas a normalização demorará mais tempo.

“Assim que um caminhão abastecer um posto, vamos observar filas. A situação, porém, nos postos de combustível será normalizada totalmente em uma semana”, avaliou. 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here