Dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo.

Dez unidades de saúde em Ji-Paraná (RO), na Região Central, têm disponível a vacina contra o sarampo. A campanha de vacinação teve início no mês de agosto no município, mas segundo o setor de imunização, pouca gente tem procurado.

O público alvo da campanha são crianças de 6 a 11 meses de idade e pessoas que nunca tomaram a vacina, que protege contra caxumba, sarampo e rubéola. A expectativa do setor de imunização é vacinar duas mil crianças na cidade.

“A gente já tem alguns casos da doença no país, que antes não tinha, justamente porque as pessoas não tem se vacinado nos últimos anos. Para as pessoas que nunca tomaram vacina de sarampo, caxumba e rubéola, que procure uma das salas de vacina que tem no município para poder corrigir a situação”, diz Rafael Araújo, coordenador de imunização.

Estão disponíveis mais de 3 mil doses, sendo duas mil reservadas a crianças, e outras mil para a população adulta que nunca tomou a vacina. Os atendimentos são realizados das 7h às 13h em todos os postos de saúde de Ji-Paraná.

Vacina, a única opção

Os sintomas de sarampo são tosse, coriza, olhos inflamados, dor de garganta e nos músculos, fadiga, falta de apetite, febre e irritação na pelo com manchas vermelhas e podem aparecer depois de 10 a 14 dias do contágio pelo vírus. Como não há nenhum remédio específico para tratar a doença, a vacina é a opção recomendada.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.