Sest/Senat contina sem sede na capital

MOTORISTAS SÃO OBRIGADOS A REALIZAR CURSOS EM VILHENA E RIO BRANCO

0
151

A unidade do Serviço Social do Transporte e do Serviço Nacional do Transporte (Sest/Senat) de Porto Velho suspendeu as atividades no dia 01 de junho de 2016 e toda estrutura localizada na zona Sul da cidade foi demolida. O assunto foi tema de uma cobrança da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários dos Estados da Região Norte (Fetronorte) ao presidente da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), Clésio Andrade. No entanto, não existe uma data definida para a construção da nova sede.

De acordo com a assessoria de imprensa da CNT, a demolição do prédio foi necessária para a readequação do espaço físico, uma vez que a unidade apresentava sérios riscos à integridade física dos funcionários e dos usuários, com 45% de sua área já interditada.

A unidade passou por inúmeras reformas para solucionar problemas de erosão ocasionados pelo transbordamento frequente de um córrego que passa nas imediações do prédio. De acordo com as instituições de transporte foi necessária a suspensão das atividades para a construção de uma nova unidade no local, que teria início imediato, o que acabou não acontecendo.

A falta da unidade em Porto Velho atinge diretamente a classe de trabalhadores que precisa realizar cursos de aperfeiçoamento voltados para o transporte. Muitos são obrigados a se deslocarem até Rio Branco (AC) e Vilhena, Sul de Rondônia para realizarem cursos de direção defensiva, segurança e condutor de passageiro



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here