Secretário adjunto da Sedam é preso pela operação ‘Pau Oco’ da Polícia Civil de RO

0
85

O secretário adjunto da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Osvaldo Luiz Pittaluga, foi preso durante a operação “Pau Oco”, deflagrada pela Polícia Civil de Rondônia nesta segunda-feira (5).

Além dele, outros três servidores do órgão alvo da ação seguem detidos em prisão temporária. Conforme as investigações, eles estariam envolvidos em uma organização que cometia crimes contra a administração ambiental. 

Procurado, o advogado de Pittaluga, Ernandes Segismundo, informou que, até o momento, a polícia não esclareceu qual seria a acusação contra ele. Disse também que Osvaldo é inocente, não cometeu nenhum crime e que vai aguardar o esclarecimento do secretário adjunto à polícia, bem como a possível liberação, caso a prisão não seja convertida em preventiva.

A assessoria do governo disse que o secretário da Sedam, Hamilton Santiago Pereira, comunicou que, por enquanto, não vai se pronunciar até estar ciente do caso.

Houve, ainda, o cumprimento de 15 mandados de busca e apreensão e 10 de afastamentos de função pública.

Essa é a primeira etapa dos trabalhos de investigação que vêm sendo realizados pela Delegacia de Repressão as Ações Criminosa Organizadas de Cacoal (Draco/Interior), em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco/RO) e o Ministério Público de Rondônia (MP/RO).

Ainda não há comentários, seja o primeiro.