Diferente da maioria dos estados da Região Norte, apenas Rondônia não proibiu a venda de bebidas alcoólicas às vésperas e nem no dia de votações, o domingo (7). A restrição é válida no Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Roraima e Tocantins.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO), o órgão não irá emitirá nenhuma norma solicitando algum comportamento em relação ao consumo de bebidas alcoólicas neste domingo. A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesdec) disse que a responsabilidade era da própria Justiça Eleitoral decidir se haveria ou não a restrição.

A exceção fica por conta de Ariquemes, Alto Paraíso e Monte Negro onde a Justiça Eleitoral proibiu a venda de bebidas alcoólicas neste domingo. A medida entra em vigor a partir das 0h e segue até as 17h, quando se inicia a apuração. A portaria conjunta foi assinada nesta semana pelas juízas da 7ª e 25ª Zonas eleitorais.

Durante o domingo a venda e o consumo de bebida alcoólica estará proibida em bares, restaurantes, supermercados, mercearias e estabelecimentos similares, bem como em locais abertos ao público nestas três cidades do Vale do Jamari.

NO  AMAZONAS  O Tribunal Regional Eleitoral e a Secretaria de Segurança Pública assinaram portaria conjunta em que proíbem o consumo de bebidas alcoólicas durante o pleito. A regra é válida a partir de zero hora de domingo e segue até as 18 horas do mesmo dia. A proibição também é válida para o 2º turno, se houver.


No Acre também haverá Lei Seca, mas cada zona eleitoral ficou responsável pela definição do período de proibição, porque os horários são diferentes em alguns municípios. A Lei também é válida para Roraima, onde a comercialização e distribuição de bebida alcoólica serão proibidas a partir de zero hora até as 18 horas de domingo.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here