O PRODUTOR DIONES MENDES, DE CACOAL, COMEMOROU COM O GOVERNADOR DANIEL PEREIRA, O QUARTO LUGAR NO COFFEE OF THE YEAR BRASIL 2018

Rondônia fica em 4º lugar no ranking de melhor café do Brasil. Esse foi o resultado final da Semana Internacional do Café – 2018, que encerrou-se no final da noite de sexta-feira, 9, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

O evento é hoje uma das principais ações de promoção do café de Minas Gerais e do Brasil e tem como foco desenvolver o mercado brasileiro, além de divulgar a qualidade dos cafés nacionais para o mercado interno e para os países compradores.

O produtor Diones Mendes, de Cacoal, comemorou o quarto lugar no Coffee Of The Year Brasil 2018. A classificação foi destacada pelo governador Daniel Pereira que esteve acompanhando toda a delegação do Estado durante os três dias de evento que serve de vitrine para os produtores, pois gera interesse de compradores pelo produto e enfatiza a qualidade da região produtora.

O RESULTADO CONSOLIDA o Estado entre os grandes produtores de café do país. O governador tem massificado o crescimento do agronegócio de Rondônia e destacado o comprometimento dos cafeicultores visando uma maior produtividade nos últimos anos com a modernização das lavouras e o investimento em novas mudas mais produtivas.

Os cafeicultores de Rondônia chegaram a ser destaques e chamaram a atenção durante a Semana Internacional do Café. Nos últimos anos, Rondônia ampliou sua representatividade no cenário da cafeicultura, inclusive no quesito qualidade da bebida. A sustentabilidade, de acordo com o que tem dito governador Daniel Pereira, é outro aspecto fundamental e que tem contribuído para agregar valor ao produto.

Vale ressaltar que o café de Rondônia passou por um rigoroso processo de seleção. Os critérios foram baseados em protocolos da Associação de Cafés Especiais (SCA), incluindo aroma, sabor, acidez, corpo, uniformidade, balanço e doçura, bem como em notas de qualidade referenciadas pelo Instituto de Qualidade do Café (CQI).

DURANTE UM ENTREVISTA na capital mineira, o governador chegou a ressaltar que o objetivo do estande, neste ano, vai além de oferecer informações sobre as lavouras da região e degustação da bebida fabricada por lá. A proposta é proporcionar uma imersão na forma de cultivo do café rondoniense, evidenciando a sustentabilidade.

O resultado em Minas Gerais reflete no fortalecimento da cafeicultura em Rondônia. Nos últimos seis anos, segundo dados apontados pela Embrapa, o Estado passou a ser o quinto maior produtor de café do Brasil e o maior da Região Norte.

A Semana Internacional do Café (SIC) é uma iniciativa do Sistema FAEMG, Café Editora, Sebrae e Governo de Minas, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Minas Gerais (Seapa) e Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge). Reuniu, no Expominas, em Belo Horizonte, Minas Gerais, toda a cadeia produtiva do setor cafeeiro nacional e internacional, em prol do crescimento social e economicamente sustentável do produto brasileiro.

Ainda não há comentários, seja o primeiro.