Recorde nas exportações de carne até novembro já superou em 14% o valor de 2016 em Rondônia

0
24
CARNE DESOSSADA FOI A MAIS EXPORTADA

O acumulado das exportações de carne bovina do estado de Rondônia até o mês de novembro de 2017, já é 14% maior que todo o valor exportado no ano de 2016, alcançando mais de U$ 511 milhões em faturamento, segundo dados de Estatísticas de Comércio Exterior do Agronegócio Brasileiro (Agrostat) do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa).  Em volume, o resultado foi de 138.766 toneladas, aumento de 9% na comparação com todo ano anterior.

A categoria que teve destaque na pauta de exportação do estado de Rondônia foi a carne desossada de bovino congelada, com 41,09% de toda a  pauta de exportação.  Os dados do  Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic), no período de janeiro a novembro de 2017, mostram ainda que o item carne desossada de bovino fresca ou refrigerada atingiu acréscimo de 53,9% relativo ao período de 2016.

 Até agora o mês que obteve o melhor resultado nas exportações foi agoto, com um volume de negócios de mais de U$ 58 milhões e 15. 867 toneladas. O número de abate com inspeção federal seguiu a tendência variando entre altas e baixas, tendo abril registrado o menor volume nos abates com 181.467 cabeças e maio com alta chegando a 245.037.

Comparado com o período de janeiro a novembro de 2016, que foi de 2.436.390 cabeças abatidas, Rondônia obteve acréscimo de  mais de 22 mil cabeças abatidas, totalizando 2.458.864, garantindo ao Estado  o quarto lugar no ranking nacional de abate de bovinos e o primeiro lugar na região norte. Os dados quantitativos de abate é de responsabilidade dos SIPAs/DFAs do Mapa.

 

Ainda não há comentários, seja o primeiro.