Quatro vítimas do maníaco do facão estão fora de perigo

0
19
UMA DAS VÍTIMAS AINDA ESTÁ INTERNADA NA ENFERMARIA DO HOSPITAL JOÃO PAULO II

Quinze dias após serem atacadas a golpes de facão em Porto Velho, três pessoas ainda permanecem hospitalizadas por causa de ferimentos graves que sofreram pelo corpo. Uma das vítimas continua na enfermaria no Hospital João Paulo II e outros dois no Hospital de Base. Quatro pacientes reagiram bem ao tratamento médico e tiveram alta durante essa semana.

De acordo com o médico cirurgião, Fernando Máximo, o estado de saúde dos três pacientes é considerado estável, mas precisarão passar por cirurgia por causa da gravidade das lesões com fraturas expostas que tiveram pelo corpo.

Nenhum dos três pacientes tem previsão de alta por causa da gravidade dos ferimentos. “Mesmo sendo considerado estável o estado de saúde dos pacientes eles precisam passar por cirurgia que será feita por médicos da ortopedia. Eles não correm risco de morte”, esclareceu o médico.

Dos dois pacientes que estão internados no Hospital de Base, um quase perdeu as duas mãos e vai precisar passar por outra cirurgia. O segundo, também quase perdeu uma das mãos na tentativa de se defender dos golpes de fação e vai precisar passar por cirurgia. Ainda não há previsão de quando os dois serão encaminhados para procedimentos cirúrgicos.

A paciente que quase teve o nariz decepado precisou passar por cirurgia de reimplante e teve alta durante essa semana. Além do nariz, ela teve lesões graves por outras partes do corpo. O paciente que estava em estado gravíssimo, passou para estado grave e foi para enfermaria, teve alta médica na última quinta-feira (15).

Ainda não há comentários, seja o primeiro.