Protagonista de série da Record TV é natural de Ouro Preto do Oeste

0
18

Vai para o ar hoje, terça-feira (08), às 22h45 (horário de Brasília), na Record TV, exibido também pela afiliada SIC TV em Rondônia, o episódio “O Homem do Saco”, que faz parte da série “Terrores Urbanos”, da Record TV. A protagonista é Cristina Lago, atriz natural de Ouro Preto do Oeste em Rondônia, que há 18 anos mora do Rio de Janeiro.

Em “Terrores Urbanos”, Cristina dá vida à Jane, uma vendedora de cosméticos que, ao ter que cuidar da sobrinha Julia, se depara com seu passado traumático. Jane era babá quando jovem e o garoto de quem tomava conta sumiu. Boatos diziam que tinha sido sequestrado pelo lendário Homem do Saco. Tendo novamente que cuidar de uma criança, ela entra em pânico e seu passado volta à tona, deixando o medo e a lenda interferirem em sua vida.

A série, inspirada em lendas urbanas brasileiras, tem na direção geral Fernando Coimbra.

Cristina diz que atuar em uma série de terror é instigador. “O desafio de fazer algo novo foi o que mais me atraiu. Nunca tinha feito nada do gênero terror, mas foi um processo de criação delicioso. Tive uma sintonia incrível com o Fernando Coimbra que, além de ser um grande cineasta, é um excelente diretor de atores. Construímos juntos essa personagem”, comenta.

A atriz conta ainda que levou tão a fundo o trabalho da criação de Jane, sua personagem, que dispensou até dublê em uma das cenas mais difíceis. “Há uma cena de luta no episódio, em que a minha personagem enfrenta o Homem do Saco. Foi difícil fisicamente, tinha uma queda de uma escada e dispensei a dublê. Fiquei bastante dolorida no dia seguinte, porque repetimos inúmeras vezes toda a luta. Mas valeu a pena, a cena ficou muito boa”, finaliza.

Na televisão, Cristina já participou de outras produções. Na Record TV esteve em “Milagres de Jesus]’ e “Conselho Tutelar”. Na Rede Globo atuou em “I Love Paraisópolis” e “Malhação”. Já no cinema nacional, os destaques vão para os filmes “Bruna Surfistinha” e “Olhos Azuis”, além de “Pacto de Sangue”, da Netflix e Canal Space, e “Magnífica 70”, da HBO.


Ainda não há comentários, seja o primeiro.