Professor de história tinha muito material de pedofilia em seu computador

0
46

O professor de história da rede estadual, M. A. F. S., de 54 anos, preso em flagrante durante a Operação Luz na Infância 4, deflagrada nesta quinta-feira (28), deverá pagar fiança e responder ao processo em liberdade, segundo informou a delegada Márcia Gazoni, da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA), em Porto Velho. 

Com ele foram encontrados e apreendidos em seu computador vídeos de cunho pornográfico com crianças, que agora serão analisados pela Polícia para identificar se houve ou não contato direto com os menores

Em Rondônia foram dois os alvos da operação da polícia: o professor M. A. F. S da rede estadual em Porto e a outra pessoa, em Ariquemes, punida somente com o cumprimento de mandado de busca e apreensão.


EM TODO O PAÍS o Ministério da Justiça e as polícias civis do estados deflagraram nesta quinta-feira (28) a 4ª fase da Operação Luz na Infância, que apura crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet. São investigados crimes de armazenamento, compartilhamento e produção de pornografia infantil. 

Policiais civis saíram às ruas para cumprir 266 mandados de busca e apreensão nos 26 estados e no Distrito Federal. Para a operação, foram analisados 237 mil arquivos, um volume de 710 GB de dados. 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.