Produtores rurais precisam renovar licença de Serviço de Inspeção Municipal

0
74

Pequenos produtores e empresários que atuam na área de manipulação de produtos de origem animal devem renovar a licença de Serviço de Inspeção Municipal de Produtos de origem animal (SIM), expedido pela Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária (Semagri).

A Semagri já notificou os produtores a fazer a regularização o mais rápido possível para que não tenham as atividades suspensas. Estão na lista dos que precisam fazer a regularização: abatedouros de frango, peixe, laticínios, açougues, e fábricas de produtos embutidos e defumados.

A exigência é necessária para que os empreendimentos atendam as normas da vigilância sanitária, mantendo a qualidade e higiene no processo de produção. Segundo a médica veterinária e assessora técnica do Serviço de Inspeção do Município, Samilla Fraga Martelli, quem não fez a renovação da licença está trabalhando irregular. “Nós fizemos a notificação e quem produzir sem regularizar a documentação pode ter os produtos apreendidos pela Vigilância Sanitária. Toda essa exigência é para garantir que o consumidor tenha segurança na hora de comprar produtos de origem animal”, explicou a veterinária.

 A maioria dos estabelecimentos tem os documentos exigidos para renovar o SIM, mas muitos dependem de prazo de órgãos estaduais ou resultado de exames dos laboratórios. Por isso é importante iniciar com antecedência o processo de renovação dos documentos.

Para renovar o SIM, é preciso apresentar junto a Semagri documentos como: exame laboratorial da água usada na produção, carteira de saúde renovada, alvará de funcionamento, saúde e do corpo de bombeiros, certificado de boas práticas de fabricação e certificado do Conselho de Medicina Veterinária.


 Ji-Paraná conta hoje com 14 empreendimentos cadastrados na Semagri, que produzem derivado animal. A prefeitura mantém desde 2003 um Programa Municipal de Incentivo com certificação, inspeção e apoio técnico às famílias de produtores e associações rurais. A idéia é que as pequenas empresas e produtores saíam da clandestinidade, oferecendo aos consumidores alimentos com segurança garantida.

Para fazer a renovação das licenças o custo fica em torno de R$ 50 a R$ 80. Os produtores e empresários devem procurar a Semagri, localizada na Avenida Dois de Abril, n° 1019, bairro Urupá, primeiro distrito da cidade. O horário de atendimento é feito de segunda a sexta-feira das 7h30 às 13 horas. O telefone para contato é o (69) 34211 4220.

Colaborou Ascom/Prefeitura



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here