Mais de 1.600 pessoas já se inscreveram no Programa Faculdade da Prefeitura de Porto Velho, segundo informou o Conselho Gestor, responsável pelo processo seletivo para concessão de bolsas de estudo integrais em cursos de graduação de nível superior. O principal pré-requisito é ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e ter obtido nota final mínima de 400 pontos. Para se inscrever, clique aqui. 

O prazo para a inscrição encerra-se no dia 10 de junho. A chamada é para preenchimento de vagas nesse segundo semestre. As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, por meio do endereço eletrônico https://www.portovelho.ro.gov.br/. No site, o candidato deve clicar no link Programa Faculdade da Prefeitura.

De acordo com o edital, as bolsas de estudo serão concedidas de forma integral a brasileiros que residam há, no mínimo, cinco anos em Porto Velho, que não sejam portadores de diploma de curso superior e que tenham sidos selecionados pelo resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017.

DE ACORDO COM acordo com o vice-presidente do Conselho do Gestor, Augusto Leite, os interessados devem ficar atentos ao prazo de inscrição. “O processo vai até o dia 10 de junho. Mas, é bom não deixar tudo para última hora, pois pode ocorrer problemas de conexão, por exemplo, e a pessoa ficará de fora do processo”, alertou.

Leite lembrou ainda que para o segundo semestre serão 100 vagas, distribuídas em mais de 15 cursos nas faculdades Porto Velho, Fimca Metropolitana e Centro Universitário São Lucas. “Para ter direito a uma dessas vagas, o candidato não pode ser portador de diploma, mas precisa sim ter cursado o ensino médio em escola pública ou em particular (condição de bolsista), morar há pelo menos cinco anos no município e ter renda de até três salários mínimos ou per capta de um salário mínimo”, frisou Leite.


Desclassificado
Por fim, o vice-presidente alertou os candidatos para que tenham atenção ao informar os dados, sobretudo com relação ao grupo familiar, pois ao ser classificado, o candidato terá de comprovar as informações. “Se não for compatível, é automaticamente desclassificado“, finalizou o vice-presidente.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here