Primeira fase do Enem 2020 será neste próximo domingo (17)

0
20

2020 vai ficar marcado como um período completamente atípico para os estudantes que estiveram estudando para o Enem ao longo do ano. A pandemia impôs novas hábitos e diretrizes sobre alunos e escolas e modificou o cenário de preparação para o exame.

Apesar de tudo mais de 5,7 milhões de candidatos estão inscritos na prova que terá 14 mil locais de provas e 205 mil salas em todo o território nacional. O Enem 2020 terá uma versão impressa, nestes próximos dias 17 e 24 de janeiro, e uma digital, realizada de forma piloto para 96 mil candidatos, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

As medidas de segurança adotadas em relação à pandemia do novo coronavírus serão as mesmas, tanto no Enem impresso quanto no digital. Haverá, por exemplo, um número reduzido de estudantes por sala, para garantir o distanciamento entre os participantes.

Durante todo o tempo de realização da prova, os candidatos estarão obrigados a usar máscaras de proteção da forma correta, tapando o nariz e a boca, sob pena de serem eliminados do exame. Além disso, o álcool em gel estará disponível em todos os locais de aplicação.

Quem for diagnosticado com a Covid-19, ou apresentar sintomas dessa ou de outras doenças infectocontagiosas até a data do exame, não deverá comparecer ao local de prova e sim entrar em contato com o Inep pela Página do Participante, ou pelo telefone 0800-616161. Com, ele terá direito a fazer a prova na data de reaplicação do Enem, nos dias 23 e 24 de fevereiro.


De acordo com um levantamento feito pela plataforma educacional feito pelo instituto superior “Quero Bolsa”, de São Paulo, 77,8% dos estudantes que se inscrevem no Enem 2020  têm internet em casa e puderam acessá-la por meio de smartphones, notebooks ou computadores fixos. Eles tiveram, portanto, a conexão e o aparelho para acessar o material desenvolvido para ensino a distância. Já os demais 22,8%, por falta dessa infraestrutura, não conseguiram assistir às aulas online de modo satisfatório. Este degrau tecnológico, certamente, vai impactar no resultado de milhares de alunos que estarão em desvantagem na hora da prova.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here