A Câmara Municipal de Ji-Paraná (CMJP) aprovou o pedido para uma audiência pública (AP) a fim de tratar da conclusão das obras do Residencial Morada Melhor 1. AP está marcada para o dia 16 de maio de 2018.

A proposta é discutir com os futuros moradores do residencial as condições de entrega dos apartamentos para repassá-las aos responsáveis pela obra e o agente financeiro.  “Estamos oferecendo o apoio desta Casa de Leis para avaliarmos a situação das unidades”, assegurou a vereadora Cláudia de Jesus.

Na opinião de Edivaldo Gomes, também autor do pedido, foram denunciados e verificados problemas na rede de esgoto, instalação elétrica e hidráulica, antes da entrega dos apartamentos. “O que estamos querendo é evitar que as pessoas mudem para lá com tantos problemas ainda para se resolver”, admitiu.      

OS VEREADORES CLÁUDIA DE JESUS E EDIVALDO GOMES

O sorteio dos endereços  foi realizado no dia 19 de janeiro de 2018. O residencial está sendo construído com recursos do programa Minha Casa, Minha Vida, em parceria com o governo federal, governo de Rondônia e Prefeitura de Ji-Paraná, e está orçado em R$ 92 milhões.

O conjunto habitacional está localizado no bairro Colina Park (1º distrito). Ao todo são 1.456 apartamentos que devem beneficiar mais de cinco mil pessoas. Cada apartamento possui, aproximados, 70 m², com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O agente financeiro é o Banco do Brasil.

Os vereadores devem debater com os futuros moradores temas como prazo para conclusão da obra, construções de creche; escola de ensino fundamental; unidade básica de saúde e implantação das redes de energia elétrica, água e esgoto. Cada beneficiado deve pagar pelo imóvel entre 80 a 200 reais por mês, durante 10 anos, de acordo com a renda familiar.

Ainda não há comentários, seja o primeiro.