Preso em Ji-Paraná “coiote” que levava brasileiros para os EUA

0
71
OS “COIOTES”, QUE COBRAVAM QUANTIAS DE, EM MÉDIA, R$ 60 MIL PARA INTERMEDIAR O TRANSPORTE ILEGAL VIA BAHAMAS

O homem responsável por levar crianças ilegalmente para os Estados Unidos foi preso na manhã desta quarta-feira (18) em Ji-Paraná, pela Polícia Federal (PF) durante cumprimento de mandados de prisão expedidos pela Justiça para a Operação Piratas do Caribe III. Um outro “coiote” está sendo procurado nas Bahamas, com apoio da Interpol. 

A operação tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa de “coiotes”, pessoas responsáveis de por levar brasileiros ilegalmente aos Estados Unidos e prender o líder da quadrilha. A PF também quer descobrir o paradeiro de 12 brasileiros que desapareceram em novembro de 2016, ao tentarem atravessar o oceano de barco das Bahamas até os Estados Unidos. Na embarcação, segundo a PF, havia pelo menos dois rondonienses. Outros eram dos estados de Minas Gerais, Pará, Paraná e São Paulo.

A Justiça ainda determinou o sequestro de bens dos envolvidos no esquema para ressarcir o dano causado às famílias das vítimas. De acordo com a PF, a estimativa é a organização criminosa tenha movimentado mais de R$ 25 milhões nos últimos anos e que tenha enviado aos Estados Unidos pelo menos 150 adultos e 30 crianças e adolescentes por ano.

Ainda não há comentários, seja o primeiro.