Prefeitura e estado firmam convênio para recuperação de ruas em Ji-Paraná

0
23

A Prefeitura de Ji-Paraná e o Departamento de Estradas, Rodagens, Transportes e Serviços Públicos (DER) assinaram termo de cooperação para recuperação das vias danificadas pela obra de implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário no município.  

Com assinatura do TC, a recuperação será feita com asfalto usinado (CBUQ) com 5 cm de espessura.  O material utilizado pela empresa responsável (Arthur Gaspar S/A) pelo esgotamento sanitário não seguia especificações técnicas e gerava reclamações de moradores nos bairros em que a cobertura asfática foi retirada.

De acordo com o prefeito Affonso Cãndido (DEM), as planilhas da obra previam a recuperação com asfalto frio (PMF). “Tão logo foi verificado o erro, tratamos de propor ao DER o termo de cooperação para que a cidade não tivesse suas vias prejudicadas por um material fora das especificações”, garantiu o chefe do executivo.

Affonso Cândido afirmou que o DER cederá o material e a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) vai usinar o produto e fazer a recomposição dos locais afetados, sob supervisão do PAC e a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Município de Ji-Paraná (Agerji).

PREFEITURA E DER fornecerão mão de obra, materiais, equipamentos e ferramentas para a completa execução das etapas e fases pelas quais são responsáveis conforme cronograma de execução da obra. O TC vigência de 12  meses e foi assinado no dia 24 de novembro.


Deverá ser encaminhado à Semosp, com antecedência mínima de cinco dias, relação de ruas e avenidas que será danificada, com os seus respectivos projetos, para elaboração do cronograma de obras. Devem ser utilizados nas obras de recuperação 186.122,48 m² de CBUQ.

O prefeito de Ji-Paraná admitiu que não vai medir esforços para que essa situação seja 100% resolvida ainda no mês de dezembro. “Agradeço ao governador Marcos Rocha  e ao DER, através de sua diretoria , por serem sensíveis a essa questão e, juntos, podermos entregar uma obra de qualidade à nossa população”, reconheceu.   



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here