Prefeitura de Porto Velho faz contrato emergencial para 200 profissionais da Saúde

0
12

Até que seja realizado concurso público na área da saúde, o prefeito Hilton Chaves decidiu melhorar a saúde de Porto Velho por meio da contratação emergencial de mais de duzentos profissionais. “Serão contratados 226 profissionais que atuarão em distritos como Calama, São Carlos, Nazaré e Porto Velho para os cargos de Médico Clínico Geral, Médico Veterinário, enfermeiros, técnicos em enfermagem, dentistas entre outros. A contratação é válida por seis meses e prorrogável por mais seis meses”, reforçou o prefeito.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Eliana Pasini, a falta de profissionais é devida a exonerações, licenças médicas, readaptações e férias. Por isso a escala de profissionais vem sendo prejudicada com o número reduzido. O problema, contudo, está sendo solucionado com o oferecimento de mudança de férias, plantões extras e agora com a contratação emergencial.

ATENDIMENTOS

A Prefeitura realizou até novembro desse ano 254.375 (duzentos e cinquenta e quatro mil, trezentos e setenta e cinco) consultas para a população da capital, nas Unidades Básicas de Saúde, com médicos e enfermeiros integrantes das equipes de saúde da família em geral.

Foram oferecidas mais de 93.159 (noventa e três mil, cento e cinquenta e nove) consultas por médicos especialistas. Nas Unidades de Urgência e Emergência (UPA Zona Leste, Sul, Pronto Atendimento Ana Adelaide, José Adelino, Jacy Paraná) foram registradas até agosto 334.783 (trezentos e trinta e quatro mil, setecentos e oitenta e três) atendimentos médicos.

MATERNIDADE

De janeiro a agosto, a Maternidade Municipal Mãe Esperança atendeu 22.038 gestantes sendo realizados 2.273 partos. Destes 70% foram partos normais, 30% cesáreos.


SAÚDE DA CRIANÇA

Capacitação em AIDPI – Atenção Integral as Doenças Prevalentes na Infância;- Projeto de Cuidado e Intervenção ao Sobrepeso e Obesidade (UNIR); Início da administração da 2ª dose de vitamina A em crianças de 12 a 59 meses; Campanha de alusão ao Aleitamento Materno; Planejamento para o início do ciclo da estratégia nutri-sus; Monitoramento das crianças diagnosticadas com Microcefalia.

Atendimentos em menores de ano até novembro – 11.132

Atendimentos em crianças de 1 a 9 anos até novembro– 29.017

Atendimentos em crianças de 10 a 19 anos – 37.289

Atividades realizadas de Imunização (Vacinação):

VACINAÇÃO

Intensificação da Campanha de Sarampo no Unidades de Saúde da zona Urbana e Rural; Campanha do HPV e Meningite tipo C, vacina para os meninos de 11 a 14 anos e Meninas de 9 a 14 anos, em parceria com PSE, nas USF; tualização do Sistema de Informações de 2017, com resgate da 100% da cobertura vacinal das 4 vacinas menores de 1 ano; ções de prevenção no Carnaval da vacina HPV com folders informativos; início de vacinação nas escolas Parceria com Programa Saúde na Escola. Evento na Escola Solar da Paz dia D’ Demolay, Escola Municipal Dom Pedro, Escola Maria Isaura; 21º Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe de 10 de abril a 31/ 05; Campanha no sistema prisional 100% dos presídios imunizados contra gripe; Campanha de vacinação contra-gripe nos hospitais, órgãos públicos e privados; Monitoramento das salas de vacinas das UBS e supervisão Técnica do MS para avaliação da Rede de Frio.

SAÚDE DA ESCOLA

29 Unidades Básicas aderidas ao programa informaram atividades desenvolvidas durante o ano; total de 5.017 atividades educativas; 1.746 práticas realizadas de Antropometria, Aplicação de Flúor, Escovação dental supervisionada, verificação de situação vacinal ou Semana Saúde da Escola.

SAÚDE DA MULHER:

Implantação do protocolo de Assistência à Saúde da Mulher; Atualização de médicos e enfermeiros das eSF em Assistência ao Pré-natal e ao recém-nato; Início da implantação da Ficha de Estratificação de Risco de gestante por grau de risco; Desenvolvimento das atividades de tutoria nas Unidades Laboratório da linha cuidado materno-infantil.

PROJETOS

Na Primeira etapa, constam 8 projetos: Unidade de Saúde Ronaldo Aragão ( valor R$118.018,00); Unidade de Saúde Ernandes Índio Coutinho ( valor R$ 249.988,00); Unidade de Saúde Hamilton Gondim ( valor: R$ 694.462,01); Unidade de Saúde Aponiã (valor R$181.975,00); Unidade de Saúde Abunã (valor R$ 312.916,79); Unidade de Saúde Palmares ( valor R$ 309.130,24); Unidade de Saúde Nova Califórnia ( valor R$ 373.026,00); Posto de Saúde Morrinhos ( valor R$ 279.210,44); Valor total da etapa: R$ 2.58.726,48. O processo está em fase conclusiva para encaminhamento a licitação.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here