A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Controladoria Geral do Município (CGM), realizou ontem (22) no plenário da Câmara de Vereadores, a 1ª Audiência Pública relativa aos primeiros quatro meses do ano de 2017, como exige a lei de responsabilidade fiscal. As apresentações dos relatórios foram coordenadas pelo controlador geral do município, Elias Caetano da Silva, que apresentou os resultados das metas fiscais do 1° quadrimestre deste ano. 

“A audiência é um dos espaços para dar transparência ao trabalho realizado pela Prefeitura de Ji-Paraná. Tem o objetivo de apresentar os índices de gestão fiscal e as metas previstas na lei de diretriz orçamentária. A prestação de contas deve ser feita à sociedade e principalmente à comissão de orçamento e finanças da Câmara de Vereadores de Ji-Paraná”, esclareceu Elias Caetano.

Segundo o secretário municipal de desenvolvimento e assuntos Institucionais, Ari Saraiva, Ji-Paraná tem se destacado pela eficiência no cumprimento das normativas da Lei de Acesso à Informação (LAI). A Controladoria Geral da União (CGU) divulgou semana passada o resultado da 3ª edição da Escala Brasil Transparente (EBT), que avalia e mede o grau de transparência pública nos estados e municípios brasileiros. 

“Ji-Paraná recebeu nota máxima na avaliação. Isso mostra que nossos colaboradores da Controladoria Geral do Município e todas as secretarias da prefeitura estão preparados para fazer um trabalho transparente. Quem ganha com tudo isso é a população de Ji-Paraná que vê os recursos públicos bem administrados”, destacou o secretário Ari Saraiva. 

A secretária municipal de Educação, Leiva Custódio, apresentou os relatórios com a prestação de contas dos últimos quatro meses. “Na secretaria de Educação, prestamos contas do que fizemos com os recursos, sempre cumprimos com um percentual estabelecido pela Constituição Federal, que estabelece a utilização de pelo menos 25% do valor arrecadado pelo município. Por isso é muito importante que a comunidade, os presidentes de bairros, de associações participem das audiências para saber o que foi feito com os nossos impostos. E depois todo esse material fica disponível no site da prefeitura também”, disse a secretária Leiva Custódio. 


Na saúde os números são positivos. O secretário municipal Renato Fuvercki apresentou vários investimentos que estão sendo feitos em Ji-Paraná. “Estamos investindo em centros de tratamento especializado, na rede de saúde mental, em programas de melhorias na rede básica de saúde. Já temos garantidos recurso para instalar a Rede de Urgência e Emergência da Região Central e oito leitos de UTI no município. Tudo isso cria condições para que possamos oferecer um serviço de qualidade à população”, falou o secretário de saúde. 

O trabalho da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp) também foi apresentado durante a audiência. O secretário Milton Félix explicou que os primeiros quatro meses de 2017 foram desafiadores para a equipe por conta das chuvas. 

“Mesmo assim atendemos várias situações como recuperação de pontes quebradas e bueiros obstruídos, manutenção da iluminação pública, recuperação das ruas bloqueteadas e atendemos todos os bairros com a operação de tapa buracos. Estamos fazendo desde o início do ano a recuperação e limpeza de todas as bocas de lobos da cidade para que a água da chuva possa fluir. Considero que os primeiros meses desse ano foram positivos para a Semosp“, explicou o secretário de Obras.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here