Prefeitura de Ji-Paraná alerta: com enchente casos de leptospirose podem multiplicar-se

0
48

Por conta dos alagamentos provocados pelas chuvas dos últimos dias, a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, tem orientado a população sobre as doenças transmitidas por meio da água contaminada. Uma delas é a leptospirose.

De acordo com a Divisão de Unidade de Vigilância de Zoonoses de Ji-Paraná, foram registrados nos primeiros dois meses deste ano, 18 casos da doença, sete deles confirmados. Com as fortes chuvas no município, o número pode aumentar.

Segundo a diretora da Divisão de Vigilância de Zoonoses, Eliana Pereira Dias Cruz, a Prefeitura está realizando treinamentos sobre a doença junto aos servidores de todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS). A intenção é que os profissionais orientem a população e intensifiquem os diagnósticos precoces.

“Além disso, estamos orientando a população e disponibilizando hipoclorito de sódio para desinfetar a água usada pelos moradores, principalmente nas áreas alagadas. A distribuição do hipoclorito é feita em todas as Unidades Básicas de Saúde gratuitamente”, destacou a diretora.

PARA COLABORAR NO combate a essa doença, a população deve evitar jogar lixo nas ruas, canais e rios. Não deixar crianças brincando nessa água e, caso tenha que ter o contato, sempre usar luvas e botas. A leptospirose é uma infecção transmitida pela urina de animais infectados, por meio do contato com água ou alimentos contaminados.


Os principais sintomas são febre alta, dor de cabeça, sangramento, dor muscular, calafrios, olhos vermelhos e vômitos. Sem tratamento, a leptospirose pode causar danos renais e hepáticos e até mesmo a morte. Os antibióticos combatem a infecção, por isso é importante procurar o mais rápido possível uma Unidade Básica de Saúde ou Hospital Municipal.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.