Prefeitura autoriza TRANSFERÊNCIA de placas para o serviço de mototáxi

0
132

A prefeitura assinou autorização para as primeiras transferências de titularidade de placas de mototáxi em Ji-Paraná. A autorização para transferência atende alteração na legislação municipal que regulamenta o serviço na cidade, e foi proposta pelo vereador Lourenil Gomes, aprovada pela Câmara de Vereadores.

Para o agora ex-prefeito Jesualdo, essa é uma demanda antiga dos mototaxistas, pois havia um problema jurídico de transferência de placas. “Às vezes a pessoa adoecia ou falecia e a família não poderia transferir o bem, que para eles é muito precioso. A partir desse momento, estamos dando maior dignidade a essas pessoas. Entendemos que é muito importante o serviço prestado por esses profissionais que trabalham sob sol forte, à noite, fim de semana e correndo riscos”, detalhou o prefeito.

“Esse é um momento fundamental para a classe e para o município. É importante que esse processo esteja regulamentado, pois terão segurança jurídica caso seja necessário comercializar essa placa”, acrescentou o novo prefeito Marcito Pinto.

Segundo o vereador Lourenil Gomes, os profissionais eram obrigados a fazer uma transferência por meio de contrato de gaveta, que não tem legitimidade. “Muitos esperaram anos por esse momento. Algumas pessoas nem acreditavam que esse sonho se transformaria em realidade”, falou o vereador.

“Essa é uma correção social que atende aos anseios e assegura dignidade a eles. Todos os mototaxistas que tem a posse da placa por mais de dois anos, podem fazer a transferência para outra pessoa. Uma luta que vem se arrastando há quase 20 anos. Agora os 197 profissionais cadastrados em Ji-Paraná estão assegurados”, explicou o presidente da AMT, Paulo Moura.


O MOTOTAXISTA  Edson Pereira da Silva recebeu uma das primeiras transferências. Agora ele vai poder trabalhar de acordo com a lei. “São vários benefícios. Eu vou poder colocar o veículo que eu trabalho no meu nome. E caso precise comprar uma moto, vou poder financiar junto ao banco. Agora ficará tudo no meu nome, me dando segurança e para a minha família”, disse sorridente.

Participaram da solenidade de assinatura das transferências o ex-prefeito Jesualdo Pires (PSB), o prefeito, Marcito Pinto (PDT), o presidente da AMT, Paulo Moura, o presidente da câmara de vereadores Affonso Cândido (DEM), o presidente da Coopermoto, Cesar Luciano da Silva e os vereadores Lourenil Gomes (PTB), Obadias Ferreira (DEM) e Joaquim Teixeira (MDB).



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here