Prefeito de Ouro Preto faz grave e ilegal manobra financeira para esconder rombo

0
32
O PREFEITO DE OURO PRETO DO OESTE, VAGNO GONÇALVES BARRO

O prefeito de Ouro Preto do Oeste, Vagno Gonçalves Barros, tentou criar uma aberração contábil para encobrir uma falha técnica na execução orçamentária do município no ano de 2018. Os técnicos do Tribunal de Contas de Rondônia descobriram e o conselheiro Euller Potyagura de Mello indicou a reprovação de suas contas naquele exercício financeiro, voto seguido pelos demais conselheiros, gerando o Acordão nº 0287/20.

Segundo a análise, “restou verificada a inscrição de despesas em restos a pagar sem recursos livres de qualquer vinculação suficientes para lastreá-las, irregularidade grave com o condão de macular os resultados apresentados pela Administração Municipal”. 

A operação do prefeito sequer passa perto de pedalada fiscal, mas, de uma grave tentativa de maquiar contas para justificar despesas, cuja forma da aplicação jamais poderia ser feita. Segundo o parecer, o prefeito Vagno maculou resultados nas contas do balanço da Prefeitura para encobrir o rombo de R$ 1.798.796,00, através da inserção de dados inverídicos na rubrica de ´Restos a Pagar´, gerando desequilíbrio financeiro nas contas do Município.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here