Prédio do Liberdade Assistida é reinaugurado em Ji-Paraná

0
176

 A obra de reforma do prédio destinado aos serviços do Liberdade Assistida (LA), no Primeiro Distrito de Ji-Paraná, foi entregue pela prefeitura na manhã desta sexta-feira (12). O local foi totalmente reformado e recebeu novas mobílias com investimentos na ordem de R$ 119 mil. Foram realizados reparos no telhado, forro, calçadas, paredes, pisos, rampas de acessibilidade, instalações elétricas e hidráulicas e pintura interna e externa.

O Liberdade Assistida oferece um trabalho valioso na proteção social de adolescentes e jovens que estão em cumprimento de medidas socioeducativas de Liberdade Assistida e de Prestação de Serviço a Comunidade, promovendo atenção socioassistencial e acompanhamento individual e junto às famílias, visando o fortalecimento do vínculo familiar, acompanhamento educacional e reinserção social.

MOBÍLIAS COM INVESTIMENTOS NA ORDEM DE R$ 119 MIL A PREFEITURA ASSUMIU O ATENDIMENTO OFERECER ESTRUTURA E CORPO TÉCNICO ESPECIALIZADO

Em Ji-Paraná, conforme informou a coordenadora do LA, Maria de Lourdes Dantas,  o serviço atende 129 adolescentes sendo: 91 de Prestação de Serviço a comunidades, 36 em Liberdade Assistida e dois em Liberdade Assistida e Prestação de Serviço a comunidade.

O programa é realizado pela Prefeitura de Ji-Paraná em parceria com o Poder Judiciário e, segundo a secretária municipal de Assistência Social, Sônia Reigota, o trabalho é destinado ao atendimento de adolescentes de 12 a 18 anos incompletos e de jovens de 18 a 21 anos, em cumprimento de medida socioeducativa.

O prefeito Jesualdo Pires (PSB), ressaltou que anteriormente esses serviços eram prestados pela Diocese de Ji-Paraná, através da Pastoral do Menor e que a Prefeitura decidiu pela municipalização desse atendimento assumindo, assim, a responsabilidade de oferecer estrutura  e corpo técnico especializado para desempenhar os serviços na cidade.


 “Hoje além do local com todo o mobiliário, temos a disposição do Liberdade Assistida uma equipe multiprofissional de 15 servidores entre psicólogos, assistentes sociais, auxiliares e estagiários”, ressaltou Jesualdo.

Já  Juíza da Vara da Infância e Juventude, Ana Valéria de Queiroz Ziparro, enalteceu que uma das principais missões do LA é a reinserção desses adolescentes ao convívio social e familiar. “O principal trabalho desses profissionais está na reestruturação de projetos de vida, na reestruturação e fortalecimento do vínculo familiar. E o resgate da autoconfiança e da dignidade dessas famílias”, concluiu.

Participaram da solenidade, o presidente da Câmara Affonso Cândido (DEM), os deputados estaduais Airton Gurgacz (PDT) e Laerte Gomes (PSDB), os vereadores Edivaldo Gomes, Isaias Arnica, Ida Fernandes, Claudia de Jesus, Lorenil Gomes, Marcelo Lemos, Jonny Paixão e  o Defensor Público, Gilberto Campelo.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here