Porto Velho comemora 102 anos com grande evento no Complexo Madeira Mamoré

0
93

Nesta terça-feira (24) a população de Porto Velho terá ponto certo para comemorar os 102 anos da capital, no Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré. A festa em homenagem à instalação do município está sendo organizada pela prefeitura, que já tratou de revitalizar o local na última semana com pintura, poda de árvores, limpeza do gramado. A programação organizada pela Fundação Cultural (Funcultural) está fechada com atrações regionais e o esperado puxador de escola de samba do Rio de Janeiro, Nego da Grande Rio. Da arte local a festa vai ser palco para Charles e Mancini, Bado, Edneide Souza e Banda, Sal da Terra, Fabinho F2, Louro Rodrigues, Carlinhos Moreno (artista carioca que passa temporada na capital), MC Geno, Beto Cézar e Ernesto Melo, Gilson, Zezinho dos Cobras, Paulinho Rodrigues, Vitrola de Ficha, e Semáforo 89.

O horário previsto para o início das atividades é às 9 horas e término às 20 horas. O evento contará ainda com a Feira de Artesanatos, até ás 17 horas, e o projeto da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes), Lazer na Praça, com atividades esportivas e recreativas, a partir das 15 horas com programação especial para idosos e crianças com monitores. Uma empresa irá dar dicas de segurança e também sobre esportes radicais. Das 9 às 17 horas a comunidade que for prestigiar o evento também terá educação para saúde, com aferição de pressão arterial e orientações sobre controle de Diabetes, prevenção de DST AIDS e outras doenças. Para às 17 horas está previsto o hasteamento das bandeiras do município, do estado e do Brasil em um ato cívico, e ainda o abraço nos galpões da EFMM.

Destaque

O historiador rondoniense, Anísio Gorayeb destacou e parabenizou a Prefeitura de Porto Velho pela valorização ao marco histórico da capital, e pela preocupação em respeitar e preservar a data, com a comemoração realizada no dia certo do aniversário da cidade. “Hildon (Chaves) começa sua gestão demonstrando interesse e trabalho em revitalizar o marco da nossa história, que é o Complexo da Madeira Mamoré. Jorge Teixeira foi um dos governadores do estado mais queridos pelos rondonienses, e também começou sua gestão cuidando da EFMM. A importância desse espaço é singular, pois se trata da identidade de Porto Velho, que merece ser preservada”, avaliou o historiador.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here