Após oito meses de produção, com equipe de aproximadamente 50 pessoas, composta por historiadores, paleontólogos, desenhistas, fotógrafos, biólogos, arqueólogos, turismólogos e geógrafos o Portal do Rio Madeira foi lançado est semana, reunindo informações de diversos campos do conhecimento sobre o rio que deu origem a cidade de Porto Velho, o Madeira. Ainda este mês ganhará uma atualização com traduções em inglês e espanhol. O portal pode ser acessado pelo endereço portaldoriomadeira.com.br

De acordo com o professor e historiador a Aleks Palitot, que trabalhou na curadoria do projeto, no portal estão disponíveis informações inéditas sobre a História de Rondônia, além de mapas e fotografias que não eram conhecidas nem pelos mais renomados historiadores do Estado. “Muitas vezes se produz material científico e ele fica restrito as paredes da universidade, a gente quer ultrapassar essas barreiras. O portal vai disponibilizar a qualquer estudante, professor, pesquisador ou qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo conhecimento sobre o rio Madeira e sobre aquilo que está no seu entorno”, explicou Palitot.

O PROFESSOR ALEKS PALITOT

O INTUITO É COLETAR textos de cunho acadêmico de pesquisa científica e adaptá-los para uma linguagem mais acessível e então disponibilizá-los. “A ideia não é fazer as pessoas apenas navegarem pelo portal, mas navegarem pelo rio e pela sua história, além disso é uma ótima opção didática para os professores, já que essa ferramenta digital pode oportunizar que os alunos se empolguem viajando pelo rio Madeira”, disse Palitot.

Milton Bernard foi o designer responsável pela concepção do portal, segundo ele esse tipo de projeto é inédito no país. “O nosso pessoal de pesquisa fez um levantamento e aqui no Brasil não foi encontrado nenhum rio que tenha sido objeto de um portal e no mundo isso é bem raro também, o rio Nilo, por exemplo, não possui um portal”, destacou.

O Portal do Rio Madeira será atualizado constantemente por uma equipe de pesquisadores, aqueles que desejam enviar materiais para serem adicionados ao portal basta encaminhá-los para acervo@portaldoriomadeira.com.br, antes da publicação o texto será avaliado pela curadoria do projeto.

Atualmente já estão disponíveis informações sobre a Amazônia, as primeiras expedições registradas no rio Madeira e seus navegadores, conflitos entre colonizadores e os nativos, tribos guerreiras, também sobre o mito fundador de Porto Velho: a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, sobre biodiversidade, escavações arqueológicas, esqueletos gigantes de animais extintos e as ricas águas do Madeira.

Ainda não há comentários, seja o primeiro.