Um grupo formado por 150 policiais civis e militares de Rondônia começaram hoje segunda-feira (16), em Porto Velho, a participar do primeiro curso de mediação de conflitos ministrado a integrantes da polícia. A formação está sendo conduzida por especialistas espanhóis, que vieram especialmente para este fim. As aulas serão ministradas pela manhã e tarde, na Uniron do Shopping, até o dia 20, sexta-feira.

“A mediação policial é uma forma de buscar a solução de conflitos através do diálogo”, explicou Hélder Risler de Oliveira, diretor da Diretoria Técnica Legislativa do governo de Rondônia (Ditel), que também participou do curso em 2014, na Espanha.

Risler, um dos professores do curso, é responsável pela parte doutrinal.  Segundo ele, a prática da mediação traz resultados muito positivos na Europa, contribuindo para evitar que ocorrências de pequeno potencial ofensivo transformem-se em algumas que obriguem a força policial a investigar. “A mediação reduz o número de ocorrências e permite à polícia concentrar-se nos casos mais graves”, diz o diretor da Ditel.

O curso é organizado pela Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec). Os alunos são oficiais e sargentos da Polícia Militar e delegados e escrivães da Polícia Civil.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here