A INTERVENÇÃO TEATRAL FOI ESTÍMULO À REFLEXÃO SOBRE CIDADÃOS MARGINALIZADOS DA SOCIEDADE ATUAL
COM A PERFORMANCE ‘INVISIBILIDADE” O ATOR RAFAEL BARROS SURPREENDEU A POPULAÇÃO NA AVENIDA BRASIL

Na tarde desta quarta-feira, as pessoas que transitavam na Avenida Brasil, no Segundo Distrito de Ji-Paraná, da T2 até a T10, foram surpreendidas com uma intervenção teatral de Rafael Barros, ator que participa da programação do Sesc Amazônia das Artes, cujas atrações em parceria com a Fundação Cultural de Ji-Paraná se estendem até o dia 24, no Teatro Dominguinhos.

Esta performance aconteceu no final da tarde e o ator andou pelas calçadas, vestido com roupas femininas e puxando uma grande mala. Em alguns momentos ele fazia gestos e interagia com objetos que encontrava pelo caminho. As pessoas,  batiam muitas fotos e se perguntavam o que significava tal ação.

Segundo a técnica cultural do Sesc de Rondônia, Betânia Avelar, que acompanhava Rafael, a performance chama-se “Invisibilidade” e vem acontecendo em ruas movimentadas, em todos os nove estados da região Norte que estão recebendo o Sesc Amazônia das Artes. “A ideia é provocar um estranhamento e levar as pessoas a pensar como temos tratado essa população que vive de forma invisível e marginalizada, como os moradores de rua, transexuais, o público LGBT, mulheres e outros grupos”, explicou.

O ator Rafael Barros ministrou uma oficina para jovens artistas sobre este assunto na manhã de ontem (18), no Teatro Dominguinhos.

A programação cultural do Sesc Amazônia das Artes prossegue nesta quinta-feira (19) com a apresentação de Alice, de Mato Grosso, a partir das 20 horas.

Ouça a entrevista em aúdio ao Repórter RO de Betânia Avelar, técnica cultural do Sesc de RO:

Ainda não há comentários, seja o primeiro.