Peregrino carregando cruz passa por Ji-Paraná

ELE PRETENDE CHEGAR AOS ESTADOS UNIDOS PARA PARA SE LIVRAR DE INJUSTIÇA

0
317
PAULO CÍCERO, NO MOMENTO EM QUE CRUZAVA A PONTE DO RIO MACHADO

O conhecido peregrino Paulo Cícero de Lima, de 56 anos, que carrega uma pesada cruz pelas rodovias do Brasil passou por Ji-Paraná nesta terça-feira (16). O fato chamou a atenção e muitos ji-paranaenses registraram fotos com ele nesta tarde e publicaram nas redes sociais. Ele carrega uma pesada cruz com cinco metros de comprimento e cerca de 40 Kg. O pernambucano vem de Itapevi (SP) e pretende chegar aos Estados Unidos.

Paulo tem como companhia a cruz, uma sacola e a esperança de que conseguirá limpar o nome. Ele cumpriu 16 anos de prisão por latrocínio (roubo seguido de morte), mas alega ter sido vítima de uma falsa acusação. “Se eu não conseguir justiça no Brasil, vou conseguir nos Estados Unidos, onde tem órgãos competentes para isso. Eu não quero meu nome manchado, não posso aceitar isso”.

O viajante relata que começou a peregrinação após ter sonhos recorrentes carregando uma cruz na frente e sendo seguido por várias pessoas. “Achei que estava louco, mas entendi o que o sonho queria me dizer. Era o início da minha luta por Justiça. Aquelas pessoas que me seguiam em sonho, são todas essas que hoje querem saber a minha história. E acredito que vou conseguir Justiça”.

Natural de Canhotinho, interior do Pernambuco, pai de quatro filhos e avô de dez netos, Paulo está livre há cerca de dez anos. Esta é a segunda viagem do romeiro. Na primeira, Paulo partiu de São Paulo e foi até Trindade, em Goiás. O percurso, segundo ele, durou um mês.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here