O Repórter RO também apoia a Campanha da Associação Nacional de Jornais (ANJ) “A mentira não merece nem mais um dia”deflagrada por conta do ‘Dia da Mentira’, lembrado neste dia 01 de abril. A versão mais preocupante e atual da mentira hoje em dia são as fake news (informações falsas ou distorcidas) que tornaram-se uma ‘febre’ nas redes sociais, confundindo e enganando pessoas em todo o mundo. Ela tornaram-se um problema de grande importância e sua presença no meio virtual tem sido cada vez mais debatida por estudiosos, autoridades,  policiais e agora ganha relevância entre os cidadãos também.

Segundo muitas reportagens veiculadas nas últimas semanas as fake news  fazem parte de uma nova modalidade de guerra informativa, que têm confundido as pessoas e até influenciado o resultado de eleições. Com a aproximação da disputa eleitoral aqui no Brasil cresce a preocupação até que ponto as notícias falsas serão usadas para tumultuar o universo jornalístico e como é possível se defender delas.

A ANJ afirma em seu site que as redes sociais são um fenômeno atual e irreversível, porém têm sido facilitadoras para a disseminação de notícias enganosas. Este fenômeno, intencional e programado, fomenta na sociedade desconfiança nos meios de comunicação, ameaçando a democracia, já que o acesso à informação é um direito do cidadão.

Confira à íntegra a mensagem da ANJ:

Mais um 1º de abril, mais um ‘dia da mentira’


Mas até dizer que “é o dia dela” não passa de um engano. Nestes tempos de tantas falsas notícias com trânsito livre pela internet, mentira deixou de ser coisa de um dia e virou companheira de todas as horas. Mas, para azar dela, continuamos aqui. Dedicados, diariamente, a estragar essa festa.

No Brasil, somos mais de uma centena de jornais e milhares de profissionais cujo propósito é garantir que a mentira tenha vida curtíssima. E a verdade, sim, prevaleça. Precisamos, em vez de um ‘Dia da Mentira’, de mais ‘Dias da Verdade’, todo dia, o tempo todo.

O 1º de abril deve servir para uma reflexão. Pensar no mal que o simples ato de criar ou compartilhar uma notícia falsa pode provocar. Como cidadãos, podemos fazer mais contra a mentira. Devemos conferir antes de compartilhar uma notícia se ela saiu em um veículo respeitado, como os jornais.

A mentira não merece nem mais um dia. Merece um basta”.

 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here