Pela morte de filho de ex-prefeito Vilhena ainda cumpre luto oficial

0
100

O sepultamento do jovem de 21 anos,  Luiz Eduardo Silva Rover, filho único do ex-prefeito José Rover, ocorreu neste domingo (27), em Vilhena durante um assalto. A prefeitura de Vilhena (RO), no Cone Sul do estado decretou luto oficial de três dias, que se estende até hoje, segunda-feira (28). O crime ocorreu na noite de sexta-feira (25), na casa da família, depois que dois assaltantes invadiram armados a residência da vítima para praticar um assalto.

A atual prefeita da cidade, Rosani Donadon (PMDB), declarou em uma nota que “Vilhena está de luto pelo falecimento do jovem Luiz Eduardo Silva Rover” e, por isso, decidiu decretar o luto municipal já no sábado (26).

Na página oficial em uma rede social, Rosani ainda escreveu: “Deixamos nossas condolências e solidariedade a toda família. Desejamos que Deus, com sua infinita bondade, possa confortar o coração de cada familiar e principalmente dos pais!”.

O crime — Em depoimento na delegacia de Polícia Civil, o suspeito do crime, de 22 anos, contou que morava em Tangará da Serra (MT) e veio há poucos dias morar com a mãe em Vilhena. Ele relatou que saiu, juntamente com um comparsa, para fazer um assalto à residência durante a noite.

Eles estavam de bicicleta e viram que na casa do ex-prefeito havia uma confraternização, então decidiram vigiar o local. Observaram quando a vítima retornou para casa, depois de ir comprar cerveja com um amigo, dirigindo uma caminhonete. Eles aproveitaram o momento em que o estudante abriu o portão, entraram na residência e anunciaram o roubo.


Pessoas que estavam na casa teriam reagido ao assalto e, por isso, ele teria atirado. Segundo o apurado, o criminoso disparou duas vezes, e um dos tiros atingiu o pescoço da vítima, que morreu logo após dar entrada no Hospital Regional.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here