Obras de recuperação continuam nos aeroportos de Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena

0
60

O Governo de Rondônia, através do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), vem trabalhando na melhoria dos aeroportos do Estado. Em Ji-Paraná, o Aeroporto José Coleto está passando por adequações nas cabeceiras da pista de pouso, entre outras melhorias para deixar a área em perfeitas condições de decolagem e pouso.

O Aeroporto Capital do Café, em Cacoal, está recebendo ajustes na faixa de pista para mudança da categoria e posterior operação por instrumentos. Seguido de mais um avanço alcançado agora, a homologação do Papi (Precision Approach Path Indicator – Indicador de Trajetória de Aproximação) da cabeceira 34.

Em Vilhena, no Aeroporto Brigadeiro Camarão as obras estão avançadas, com a construção da cerca patrimonial de 7.063 metros e todo o balizamento na pista de pouso.

O Papi é um sistema de luzes, que tem como função auxiliar o piloto a realizar aproximação para pouso de maneira mais estabilizada possível. Com essa ferramenta, há mais precisão e segurança nas operações. A fiscalização foi realizada pelo Grupo Especial de Inspeção de Voo (Geiv), organizado pelo Departamento de Controle de Espaço Aéreo (Decea).

“Esse é um sistema importante, um aparelho de iluminação com focos calibrados, normalmente instalado do lado esquerdo da pista. Estamos trabalhando com celeridade e transparência para concluirmos as obras aeroportuárias, com rapidez e segurança, para entregarmos à população com todos os ajustes necessários”, ressaltou Eduardo Antonio Leal Fernandes, coordenador de Infraestrutura Aeroportuária do DER.


“Estamos visitando as obras nos aeroportos das três cidades, onde os avanços são visíveis, sabemos que é de fundamental importância a estruturação aeroportuária, pois a aviação civil é um meio de transporte rápido e seguro. O governador orienta que os aeroportos dessas cidades, que são consideradas as maiores do Estado, estejam dentro das normas exigidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), para que a população sinta-se segura na hora de viajar. As obras nos aeroportos trazem mais segurança no momento da decolagem e pouso da aeronave”, destacou Elias Rezende, diretor-geral do DER.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here