O Carvi lança apelo de ajuda para não fechar suas portas

0
23

Fundado há 25 anos pelo por Walquer Jarbas, falecido há dois meseso Centro de Apoio à Criança e Adolescente (Carvi), localizado na avenida Ji-Paraná, no bairro Urupá, Primeiro Distrito de Ji-Paraná, passa por um dos seus piores momentos. Foi o que informou a diretora administrativa da instituição, Carla Roberta. Segundo ela, a situação ficou mais ainda complicada com o falecimento do irmão e fundador da entidade.

O Carvi é uma instituição filantrópica que presta apoio à crianças e adolescentes de famílias carentes,  em período integral, de bairros situados na região central do Primeiro Distrito. “Infelizmente, a situação considerada crítica. Estamos fazendo de tudo para não fechar essa instituição que a acolhe essas crianças procedentes de famílias de baixa renda”, lamenta Carla Roberta.

De acordo com Kátia Cilene, uma das poucas pessoas que presta serviço voluntário no Carvi, as necessidades são enormes, desde matéria de expediente até alimentação, em especial leite, roupas. “Estamos precisando quase de tudo, roupas, sapatos, brinquedos, alimentos, enfim, praticamente tudo”, declarou.

Até o aparelho de telefone fixo, com defeito em virtude de problemas elétricos, ainda não pôde ser trocado. Outras voluntárias da instituição são a dona de casa, Ivonete Silva e a auxiliar de odontologia, Marciele dos Santos. Elas também atestam que a entidade até pode fechar se não tiver mais ajuda e lamentam demais a situação pela qual o Carvi vem passando.

Maiores informações sobre o Carvi de Ji-Paraná pode ser conseguido através do telefone celular: 9.9296 7535.

Ainda não há comentários, seja o primeiro.