Novo decreto limita acesso a comércios e impõe regras para venda e consumo de bebidas

0
38

Em uma atualização do decreto que determinou novas restrições e toque de recolher em Rondônia, o Governo do Estado publicou na noite do último sábado (16), um outro decreto com regras ainda mais duras a serem seguidas por 29 municípios pelos próximos 10 dias. Veja lista das cidades ao final do texto.

Entre os pontos alterados, o Governo determinou que farmácias, supermercados, atacarejos, atacados, açougues, padarias, armazéns e estabelecimentos congêneres, podem funcionar, mas apenas com 40% da capacidade total.

Com relação ao toque de recolher, foram liberados para funcionar das 22h às 6h  os serviços de transportes por aplicativos e táxis, mas apenas para transporte de passageiros de pessoas para as atividades emergenciais. Ainda segundo o decreto estão autorizadas nas igrejas e templos reuniões com somente até 5 pessoas para aconselhamento. Salões de beleza foram permitidos, mas de forma individualizada.

O DECRETO TAMBÉM PROIBIU  a venda de bebidas alcoólicas em sistema delivery, de retirada, compra direta ou qualquer outro meio entre as 18 horas e as 6 horas da manhã. Durante o restante do período também está vedado este comércio  em qualquer horário em restaurantes, lanchonetes, padarias, supermercados, distribuidoras ou “quaisquer outro tipo de estabelecimentos comercial”, pelo prazo de 10 dias.

As medidas estão valendo partir deste domingo (17) nas cidades de Porto Velho, Ariquemes, Cacoal, Vilhena, Ouro Preto do Oeste, Nova Brasilândia, Alto Alegre dos Parecis, Espigão do Oeste, Machadinho, Cabixi, Cacaulândia, Cerejeiras, Chupinguaia, Colorado do Oeste, Corumbiara, Monte Negro, Novo Horizonte, Rio Crespo, São Miguel, Vale do Anari, Ji-Paraná, Candeias do Jamari, Jaru, Guajará-Mirim, Urupá, Rolim de Moura, Buritis, Santa Luzia D’Oeste e Pimenta Bueno.


 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here