NOTA OFICIAL – Corpo de Bombeiros reage a notícias falsas sobre operações em igrejas

0
36
A SEDE DO QUARTE DO CORPO DE BOMBEIROS. NO SEGUNDO DISTRITO DE JI-PARANÁ

A Associação do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Rondônia – ACBMRO, vem por meio desta Nota REPUDIARa atitude de todos aqueles que, com intenções deliberadas de macular e expor o Corpo de Bombeiros, estão difamando a imagem desta honrada Instituição perante a comunidade de Ji-Paraná e do Estado de Rondônia.

Salientamos que os militares do Corpo de Bombeiros tem suas ações pautadas pela hierarquia e disciplina, pilares constitucionais conferidos à toda tropa. Todas as ações de qualquer um dos agentes desta renomada instituição busca sempre respeitar todas as Legislações vigentes buscando única e exclusivamente, o bem estar e a segurança coletiva e individual de cada um dos Rondonienses.

As notícias veiculadas em alguns jornais e nas redes sociais, de que o Corpo de Bombeiros de Ji-Paraná estaria interditando igrejas, impedindo a oferta de assistência religiosa é amparado pela Constituição Federal de 1988, assim como o é, a assistência religiosa, pois um cuida da segurança do patrimônio e do Corpo Físico e ao outro, cabe o socorro espiritual, bens inalienáveis.

Os fatos narrados na mídia, NÃO CONDIZEM COM A VERDADE. O CBMRO está cumprindo as fiscalizações, conforme o estabelecido no Decreto Estadual n° 25.049, de 14 de maio de 2020, como também, aplicando as penalidades previstas na Lei n° 4.788, de 4 de junho de 2020, visando de forma explícita e essencialmente a preservação da Vida e da Segurança de todos cidadãos Jiparanaenses que frequentam os locais interditados.

O Corpo de Bombeiros tem como comandante e subcomandante geral, dois homens evangélicos, íntegros e pautados com a verdade, sendo que o segundo é ministro do evangelho há mais de 15 anos e ambos estão sentindo falta de congregar assim como os evangélicos da Cidade de Ji Paraná e de todo Estado.


Mesmo esta corporação tendo conhecimento da necessidade e responsabilidade que recai sobre as igrejas e reconhecendo que elas tem um papel importantíssimo na sociedade e na família, ainda assim, os Militares do Corpo de Bombeiros, como agentes de Segurança Pública, sujeitam-se e às normas de um Estado laico e não poderiam, em momento algum, se furtar da Responsabilidade Legal de oferecer segurança também aos que frequentam templos religiosos.

Assim, fica claro que a intenção do Corpo de Bombeiros é única e exclusivamente proteger e salvar vidas através da prevenção e do acatamento às legislações em vigor.

Por outro lado, a operação específica na cidade de Ji Paraná, visa evitar a reunião de público e foi determinada pelo Ministério Público Estadual e não objetivou apenas um templo, e sim, templos que estavam com seu sistema preventivo em desacordo com a legislação de Combate à Incêndio e Pânico do Estado de Rondônia.

Cada gestor dos templos, sabem da sua responsabilidade social, familiar e na segurança dos seus membros. Sabem que as igrejas são regidas pelas leis espirituais e também sob as leis que regem o Estado Democrático de Direito e que a operação deflagrada apenas cumpriu a Legislação.

O Corpo de Bombeiros sempre primou pela parceria e entendimento com as Entidades Religiosas e NUNCA SE FURTOU EM OFERECER ASSESSORAMENTO NA BUSCA DE SOLUCIONAR AS DEMANDAS REPRIMIDAS DAS IGREJAS, no que tange à Segurança Contra Incêndio e Pânico.

Por fim, ENALTECEMOS a forma integra, proba, legal e imparcial que todos os Militares do Corpo de Bombeiros de Ji-Paraná usaram na condução do Cumprimento do seu dever Constitucional e da defesa do nosso lema de VIDA ALHEIA E RIQUEZAS SALVAR.

ASSOCIAÇÃO DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE RONDÔNIA – ACBMRO

DENIS CLEDSON VALCI – Presidente

AL SGT BM RE 0645-6



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here