Nos pênaltis Flamengo é o campeão da Supercopa pelo segundo ano

0
14
Supercopa Brasil - Flamengo - Athletico Paranaense Futebol Futebol - Supercopa Brasil - Flamengo x Athletico Paranaense - Estádio Mane Garrincha, Brasília, Brasil - 16 de fevereiro de 2020 Everton Ribeiro e companheiros de equipe do Flamengo comemoram com o troféu após a partida REUTERS / Adriano Machado

O Palmeiras ficou com o vice-campeonato da Supercopa do Brasil na tarde deste domingo. Em uma partida de alto nível contra o Flamengo, disputada no Estádio Mané Garrincha, o time alviverde perdeu nos pênaltis por 6 a 5 após placar de 2 a 2 no tempo normal.

Em um primeiro tempo movimentado, após golaço de Raphael Veiga, o Flamengo respondeu com Gabriel e Arrascaeta. Na etapa complementar, Raphael Veiga empatou de pênalti. Nas cobranças, Luan e Danilo perderam a chance de garantir o título e, nos alternados, Diego Alves parou Gabriel Menino e Mayke. Rodrigo Caio, então, definiu.

Pela nona rodada do Campeonato Carioca, o Flamengo enfrenta o Vasco às 21 horas (de Brasília) desta quarta-feira, no Estádio do Maracanã. Às 21h30 do mesmo dia, com a vantagem do empate, o Palmeiras decide a Recopa com o Defensa y Justicia, novamente no Mané Garrincha.

O Jogo – O Palmeiras saiu na frente logo no primeiro minuto de partida. Após recuo de Filipe Luis em arremesso lateral, Diego Alves deu um chutão e Felipe Melo cabeceou para Raphael Veiga. O meia girou bonito sobre Willian Arão e definiu com precisão para marcar um golaço.

O Flamengo equilibrou a partida e conseguiu empatar aos 22 minutos do primeiro tempo. Luan desarmou Bruno Henrique pela direita, mas tirou curto. Arrascaeta pegou a sobra e acionou Filipe Luis, que driblou Gustavo Gomez e chutou na trave. No rebote, Gabriel completou para as redes.


Em bons momentos do Palmeiras, Diego tirou chute de Breno Lopes em cima da linha e Leandro Vuaden, orientado pelo VAR, voltou atrás após marcar pênalti em Wesley. O Flamengo virou aos 44 minutos, quando Arrascaeta passou facilmente pela marcação de Marcos Rocha pela esquerda e bateu no canto de Weverton.

Logo no começo do segundo tempo, Gabriel tabelou com Everton Ribeiro e, de dentro da área, bateu para defesa de Weverton. O Palmeiras aumentou seu volume de jogo durante a etapa complementar e assustou em cabeçadas de Gustavo Gomez e Gabriel Veron.

Enquanto o Flamengo procurou valorizar a posse de bola, o Palmeiras cresceu no jogo e chegou ao empate aos 28 minutos do segundo tempo. Lançado pela direita, Rony foi puxado por Rodrigo Caio dentro da área e Leandro Vuaden marcou pênalti. Na cobrança, Raphael Veiga converteu.

Em jogada de contra-ataque, Vitinho recebeu de João Gomes, limpou a marcação de Matias Viña e bateu. Weverton desviou e a bola bateu na trave. Na última chance do jogo, perto da linha de fundo, Gabriel finalizou da direita, Weverton defendeu parcialmente e, na sequência, pegou a bola em cima da linha.

Nos pênaltis, Raphael Veiga, Gustavo Gomez, Gustavo Scarpa, Matias Viña, Gabriel Veron converteram. O Palmeiras teve a chance de definir, mas Luan foi parado por Diego Alves e Danilo errou. Nos alternados, o goleiro defendeu chutes de Gabriel Menino e Mayke. Pelo Flamengo, Arrascaeta, Vitinho, Gabriel, João Gomes, Michael e Rodrigo Caio marcaram. Filipe Luis acertou o travessão e Matheuzinho e Pepê foram parados por Weverton. Assim, o time rubro-negro venceu por 6 a 5.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here