Moradores protestam e fecham BR após atropelamento de duas adolescentes

0
67

Moradores de Porto Velho realizaram um protesto, na noite desta quarta-feira (8), na BR-364, após o atropelamento de duas adolescentes, ambas de 15 anos. Uma das meninas faleceu no local e a outra foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em estado grave à unidade de saúde. Segundo testemunhas, as jovens tentavam atravessar uma faixa de pedestres na BR quando foram atingidas por um caminhão, que não conseguiu frear. Alguns carros havia parado para dar preferência. “”, disse uma testemunha.

As duas vias da rodovia foram fechadas e diversos pneus foram queimados, impedindo o trânsito no local. Na ocasião, os manifestantes reivindicavam reforço na sinalização da faixaElas estavam atravessando, mas o caminhão não parou e passou por cima delas de pedestre.

As duas vias da BR-364 foram fechadas, por volta das 19h, por um grupo de moradores. Diversos pneus foram queimados formando um bloqueio no trânsito do local. Por disso, um grande congestionamento se formou com longas filas de veículos. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local para controlar e conversar com a população que fazia parte do protesto.

img_2258
Uma das jovens atropeladas faleceu no local (Foto: Jheniffer Núbia/G1)

A moradora Edna Pereira de Sousa, mãe de duas filhas de 15 anos, disse que o motivo da reivindicação foi chamar a atenção das autoridades para impedir que novos acidentes ocorram no local. Segundo a mulher, os moradores do bairro passam pelas mesmas dificuldades ao atravessar as duas vias todos os dias. “A nossa maior reivindicação aqui é pedir às autoridades que venham aqui ver uma forma de sinalizar à longa distância para que o motorista se conscientize de que aqui na frente vai ter uma faixa de pedestre” afirmou Edna.

Conforme o chefe da Associação de Policiamento de Fiscalização da PRF, Getúlio Azevedo, um encaminhamento será enviado ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para atender a população. “Eu vou dar o encaminhamento ao DNIT, que faz tudo de engenharia no local, para verificar a implantação de redutores de velocidade que seria o remédio mais rápido para atender o pleito da população” relatou.


Após duas horas de manifestação, o Corpo de Bombeiros também esteve presente na BR-364 e realizou o combate do fogo no asfalto. As vias foram liberadas por volta das 21h30.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here