Na manhã de hoje, quinta-feira (11), por volta de 9 horas, o bloqueio da BR-364 na altura do km 1042, na região do distrito portovelhense de Extrema de Rondônia, vai ultrapassa 48 horas. A comunidade permanece no local mesmo com a Justiça tendo decretado o final do movimento no final da tarde de ontem (10), com multa de um salário mínimo por manifestante a cada hora de fechamento da rodovia.

Um comboio com policiais federais e militares partiu de Porto Velho, às sete horas  para cumprir o mandado de reintegração da área, desobstruindo a pista e liberando o tráfego, que já está congestionado em mais de quatro quilômetros

As lideranças do protesto alegam que ficou acertado entre a comunidade que o bloqueio apenas terminará com a apresentação dos ônibus escolares que atenderão os estudantes.


Eles afirmam estarem cansados de promessas, uma vez que o calendário escolar sequer iniciou em 2019 em decorrência da falta do transporte escolar na Ponta do Abunã. A prefeitura de Porto Velho garantiu que até esta segunda (15), o problema será resolvido parcialmente.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.