Mais 20 leitos de UTI são abertos para atender pacientes com Coronavírus

0
6

Mais 20 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento de pacientes com Coronavírus estão sendo anunciados pelo Governo. São 10 leitos na Unidade de Assistência Intensiva (AMI), localizada na zona Sul de Porto Velho e 10 leitos no Hospital de Amor Amazônia (HA), na BR-364.

Na quinta-feira (11), o secretário da Saúde Fernando Máximo, verificou de perto os últimos preparativos para receber os pacientes na AMI. Já na última terça-feira (9), foram inaugurados os 10 leitos no HA, que já atendia com 12 leitos cedidos, por meio de convênio com a Sesau, totalizando assim 22 leitos de UTI no Hospital de Amor.

“O governador Marcos Rocha pediu prioridade nas ações de enfrentamento à Covid-19, e é isso que estamos fazendo. A recepção da AMI agora é uma ala de UTI e a previsão é abrir mais leitos nos próximos dias”, destacou o secretário.

A ampliação da rede de leitos contribui com a diminuição da fila de espera, mas com o aumento na demanda de pacientes, os 20 leitos abertos essa semana já estão ocupados. Durante a visita à AMI, Fernando Máximo reforçou a importância da prevenção, afirmando que sem ela, todos os esforços do poder público são desperdiçados.

“Nós estamos trabalhando dia e noite buscando ampliar a rede de leitos, conseguir mais insumos e conter o avanço do vírus no Estado. É uma somatória de esforços para conseguir abrir o maior número de leitos no menor tempo possível. Mas se todos nós não tivermos consciência da responsabilidade e da prevenção, todo esse esforço será em vão”, enfatizou o gestor.


Chamamento de médicos

O aumento de casos sobrecarrega a rede de atendimento, sendo necessário maior efetivo de profissionais de saúde para atuar no enfrentamento à pandemia. Nesse sentido, o Governo do Estado abriu mais de 85 Editais de Chamamento Público para contratação desses profissionais. Os interessados podem fazer a inscrição pelo link: https://emergencial.sesau.ro.gov.br/

Nós precisamos a cada dia da união de todos. Se você é médico e pode nos ajudar nesse combate, não deixe de participar. Sua ajuda será muito importante para que possamos salvar vidas”, concluiu Máximo.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here