Os tradicionais tapetes para a procissão católica do feriado de Corpus Christi, nesta quinta-feira (20) começaram a ser produzidos bem cedo em Ji-Paraná. Por volta das seis horas da manhã fiéis já se encontravam nas ruas do Centro do Primeiro Distrito preparando o caminho por onde as pessoas passarão no período da tarde, celebrando e louvando o mistério da eucaristia, na forma do sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo.

Vinte comunidades repartiram o trabalho de enfeitar o trajeto da procissão pintando o solo com cal branco e colorido, que vai seguir este trajeto: Igreja Matriz S. João Bosco, Rua Getúlio Vargas, Av. Marechal Rondon, Av. Clóvis Arraes, Rua D. Augusto, Rua Aluísio Ferreira, Av. Marechal Rondon, Rua Getúlio Varga e retorno à igreja matriz.

A procissão no Primeiro Distrito terá início por volta de 16 horas, seguida da celebração da Santa Missa a partir das 18 horas.

NA PARÓQUIA NOSSA Senhora de Fátima, no Segundo Distrito, as pessoas também chegaram cedo, por volta de 6 horas, para começar a produzir os tapetes da procissão e decorar as ruas do bairro. Diferentemente do Primeiro Distrito, aqui os tapetes são mais tradicionais porque são produzidos de acordo com origem mineira, ou seja, ganham forma com pó de serra natural e tingido, sal de boi tingido, borra de café, cal, casca de vovo e areia tingida. 

Depois da celebração na igreja às 16h, a procissão sai por volta de 17h e às 19h acontece a cerimônia de Adoração.  A procissão percorrerá apenas a quadra formada pelas ruas K5, T-24, Rua Goiânia, T-25, Rua K5 e retornando à igreja na sequência.


Na Paróquia Nossa Senhora de Fátima as 32 comunidades e 250 pessoas ficaram responsáveis pelo desenho e instalação dos tapetes em trechos diferentes do trajeto.

Veja a seguir, fotos registradas agora de manhã pela reportagem do Repórter RO da preparação desta tradicional manifestação católica neste feriado de Corpus Christi:



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here