POR CHICO LIMEIRA

Mais uma vez o torcedor acreditou e fez a sua parte comparecendo em grande número ao estádio Biancão para apoio o Ji-Paraná Futebol Clube que na tarde deste domingo (26), recebeu o Real Ariquemes em partida válida pela terceira rodada do primeiro turno do Campeonato Rondoniense de futebol 2017. Visitante indigesto, o Real não tomou conhecimentos dos donos da casa e venceu o duelo por 2 x 1, com dois gols do artilheiro Marco Aurélio.

Com a obrigação de fazer bonito diante de sua participativa torcida, o Ji-Paraná FC oscilou em bons momentos na partida, em determinando momento chegando a ter o domínio do jogo, mas diante de um adversário forte e de elenco bastante experiente, pecou em detalhes que foram decisivos para a segunda derrota do clube no Estadual deste ano. O jogo foi marcado ainda por lances de muita polêmica da arbitragem, assim como erro fatal do goleiro Clébio, que falhou no primeiro gol do Real Ariquemes.

A partida começou com os dois times se estudando, mas o Ji-Paraná revelou-se mais criativo no meio de campo com as entradas dos jogadores Marcos Vinícius e Preto, chegando a ser mais agressivo. Porém, o time estava sem objetividade nas jogadas de finalizações. O jogo seguia aberto com os times trabalhando bem na busca de criação de espaços, quando aos 20 minutos, o ala direito Wítalo sente o joelho de deixa o campo para a entrada do volante Rincón.

A entrada do experiente meio campista deu ainda mais dinâmica ao time do Ji-Paraná, que tinha o domínio da partida, quando numa das poucas investidas do time visitante, aos 39 jogados, o goleiro Clébio falha e a bola passa entre suas pernas. O oportunista Marco Aurélio não perdoou e conferiu para o gol, 1 x 0 para o time ariquemense.


Já nos instantes finais da primeira etapa, Marcos Vinícius vai a linha de fundo e toca para traz para a chegada de Labari que é derrubado pela zaga do Real Ariquemes, o árbitro marca penalidade, mas o assistente Edson Paulino assinala impedimento. O lance foi bastante contestado, mas prevaleceu a orientação do bandeirinha, anulando o lace de pênalti.

O Ji-Paraná volta com uma pegada mais forte para a etapa final e logo nos primeiros minutos em chaga ao ataque, Márcio pega firme sem chance de defesa para o goleiro Dida do Real, empatando a partida em 1 x 1. No entanto, o time começou a demonstrar visíveis sinais de cansaço, cedendo mais espaços para o time de Ariquemes, que passou a trabalhar melhor as jogadas.

 Em uma das falhas de jogada do meio campo do Ji-Paraná, Rincón perde e no contra-ataque a bola chega para o atacante Marco Aurélio, que ganha do marcador, gira a bate forte para fazer Real Ariquemes 2 x 1. O Ji-Paraná ainda teve a chance de evitar a derrota com um pênalti marcado pela arbitragem, mas Piquê faz péssima cobrança, facilitando a defesa do goleiro Dida.

Troca de técnico – No final da partida o torcedor mostrou o descontentamento com o trabalho do treinador Pery Santana, pedindo a saída do mesmo, que foi após reunião com a diretoria, acabou sendo demitido por não trazer os resultados almejados. Um novo nove deve ser anunciado ainda hoje, segunda-feira (27), para assumir o comando técnico da equipe.

 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here