Ji-Paraná está entre as três cidades que mais demitiram no estado, segundo Caged

0
27

Dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira (28) pelo Ministério do Trabalho e Emprego mostram que houve queda no número de contratações em Rondônia, contribuindo de forma expressiva para o saldo negativo de empregos formais nos primeiros quatro meses do ano.

Segundo o Caged, Rondônia perdeu 4.071 vagas de trabalho formal (com carteira assinada) entre os meses de janeiro e abril de 2020, obtendo uma variação relativa de – 1,71% de saldo de empregos, percentual foi idêntico à média registrada na região Norte. Acre e Roraima foram os únicos que continuam com saldo positivo. 

Analisando o detalhamento das demissões, os municípios que registraram mais demissões foram Candeias do Jamari (-4,76%), Alvorada D´Oeste (-4,71%), e Ji-Paraná (-3.84%). Porto Velho teve variação de -2,47%. A maioria dos 52 municípios rondonienses registraram saldo negativo (demissões) no período, segundo o Caged.

NACIONAL — Os resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), també divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostrou que o Brasil fechou quase 5 milhões de vagas de empregos nos últimos três meses, número recorde na comparação do mesmo período nos anos anteriores. Além disso, o país bateu recorde histórico de pessoas que deixaram de procurar empregos, 5 milhões só em abril.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here